Lindo Sonho Delirante

Dias de Truta

 Dias de Truta Compositor: Dudu Tarcísio/Renan Karacol
Tom: G
		
                      Am          Am/E      Am
Foi quando eu me alucinei a inaugurar
Am/E            G           G/A         G/B    G/D
Meu terno novo cor de jambo
          E             E/G#     E/B   E/G#         Am
E o perfume doce de sabor goiaba
                    Am       Am/E     Am       Am/E
Dormindo, logo eu usei os pensamentos
      G            G/A        G/B     G/D
Mais tarados, apontando para o alto
         E            E/G#     E/B          E/G#        Am     E
Esperando a lua bonita da noite pingar
                             Am                                                 G
E logo quando acordei habitei a janela do quarto, doidão e acelerado
      E                     E/G#                E/B              E/G#              Am     E
E brinquei de espalhar erva doce nas ondas do ar
                  Am                               G
E como todos os dias, saí pelas ruas com meus malabares de fitas coloridas
        E              E4  E
Celebrando o sol e a vida
           G
Me alimentando do que me guia
      E         E/G#     E/B    E/G#          E        E/G#    E/B    E/G#
E medindo com quantos quadrados me torno o senhor da paz
      E               E/G#     E7
O senhor da paz

(A  D)
No alto aonde eu estarei
Fritando azul, beber o mar
Quando o rock me almoçou
E
Eu percebi aonde eu deveria estar
(A  D)
Amando quem me faz feliz
Sem medo de onde eu vou chegar
Quando Deus me fez eu disse:
E
“Sim, vou dar trabalho
                 D
Aceito o que é do meu agrado
                         E
Pois quando eu for pro céu
                      D                         A   D
Te mando um monte de sorrisos largos"

(A  D)
Hoje eu quero falar de flores, alegrias, afetos, sorrisos e amores
Tô voando mais leve que a brisa do vento
Atrás de novos abraços, novos sentimentos
Eu me sinto como um velho ao olhar pra trás
Saudade de tudo que não volta mais
Nesse palco eu vou tomar de assalto
E
Na hora universal do riso
                                            E7
Eu te convido pra subir comigo

(A  D)
Pro alto aonde eu estarei
Fritando azul, beber o mar
Quando o rock me almoçou
E
Eu percebi aonde eu deveria estar
(A  D)
Amando quem me faz feliz
Sem medo de onde eu vou chegar
Quando Deus me fez eu disse:
E
“Sim, vou dar trabalho
                 D
Aceito o que é do meu agrado
                E
Pois quando eu for pro céu
             D              A         D
Te mando um monte de docinhos raros"
8.611 exibições

Comentários 0

Composição: Renan
Esse não é o compositor? Avise-nos.
Contribuição: Thales
Consegui tocarAinda não conseguiram tocar essa música. Seja o primeiro!
    Não consegui tocar
    Exibir acordes »
    publicidade
    fechar