Canto, Sertão e Poesia

Edir Carneiro

Sem foto do Edir Carneiro Compositor: Edir Carneiro
Tom: G
		
(Participação especial de Fabrício Barreto - gaita)

G             C                      G
Todo canto é forte , mas nem tudo é sorte
              C                D/F#               G
Feito um passarinho perdido no mundo sem saber cantar.
            C                     G
Todo amor é cego , mas nem tudo é belo
             C           D                G
Feito a bailarina que a sina é não saber voar. (2x)

(Voc.)

G           C                 G
Todo homem chora quando vai embora
             C                D/F#                G
Deixando a ferida , ilusão perdida ,  em seu coração.
             C                    G
Todo herói é Santo , toda chuva é pranto ,
              C                    D                 G
Todo verde é sonho , todo pouco é muito nesse meu sertão. (2x)

(Voc.)

G             C                  G
Nada tem nos versos de um poeta morto ,
             C              D/F#                G
A não ser poesia , dor e agonia quando a noite vai.
            C                 G
Nada tem beleza se não há tristeza
             C                 D               G
Nesse mato escuro por cima do muro que um dia cai. (2x)
(Voc.)

REPETE A 2° PARTE
(Voc.)
338 exibições

Comentários 0

Composição: Edir Carneiro
Esse não é o compositor? Avise-nos.
Contribuição: edir carneiro
Consegui tocarAinda não conseguiram tocar essa música. Seja o primeiro!
    Não consegui tocar
    Exibir acordes »
    publicidade
    fechar