Aquarela Nordestina

Elba Ramalho

 Elba Ramalho
Tom: D
		
Intro: A D F# Bm7 F#

           Bm                             F#    
Nordeste imenso, quando o sol calcina a terra,
              Em      F#                 Bm 
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.
                                        F#
Juriti não suspira, inhambú seu canto encerra.
              Em      F#                 Bm      
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.


              A                        D
Acauã, bem no alto do pau-ferro, canta forte,
              F#                    Bm
Como que reclamando nossa falta de sorte.
              A                        D
Asa branca, sedenta, vai chegando na bebida.
                 Em                F#   
Não tem água a lagoa, já está ressequida.
                A                                  D
E o sol vai queimando o brejo, o sertão, cariri e agreste.
            Em          Bm7         F#
Ai, ai, meu Deus, tenha pena do Nordeste.


        A               D               F#              Bm7
laiá laiá laiá, laiá laiá laiá, laiá laiá laiá, laiá laiá.               Repete 2x


Intro.


Começa novamente.
11.512 exibições

Comentários 0

Composição: Rosil Cavalcanti
Esse não é o compositor? Avise-nos.
Contribuição: marquinhos Correções: marquinhos »
Consegui tocarAinda não conseguiram tocar essa música. Seja o primeiro!
    Não consegui tocar
    Exibir acordes »
    publicidade
    fechar