As Aparências Enganam

Elis Regina

 Elis Regina
Tom: C
		
     

Intro: Dm7/9 F/G G7 C7+ F7+ B7/9+ E7/13

Am              E/G#            Gm6              D7/F#
As aparências enganam, aos que odeiam e aos que amam
 F#m             F#m7+      Am         Cm      F7/13    Gm
Porque o amor e o ódio se irmanam na fogueira das paixões
Cm                 D/C                 Bm             Em
Os corações pegam fogo e depois não há nada que os apague
  C#m5-/7             G          D#º           Em
Se a combustão os persegue, as labaredas e as brasas são 
    G7          C7+              Cm       F7/13   G7+
O alimento, o veneno e o pão, o vinho seco, a recordação
            A7/9/11+  F#m5-/7          B7         C7+    G7+ F7+ E
Dos tempos idos de comunhão, sonhos vividos de conviver
Am              E/G#            Gm6              D7/F#
As aparências enganam, aos que odeiam e aos que amam
 F#m             F#m7+      Am         Cm      F7/13    Gm
Poque o amor e o ódio se irmanam na geleira das paixões
Cm                 D/C                    Bm          Em
Os corações viram gelo e, depois, não há nada que os degele
  C#m5-/7              G      D#º               Em
Se a neve, cobrindo a pele, vai esfriando por dentro o ser
  G7                    C7+         Cm       F7/13           G7+
Não há mais forma de se aquecer, não há mais tempo de se esquentar
            A7/9/11+  F#m5-/7          B7             C7+    G7+ F7+ E
Não há mais nada pra se fazer, senão chorar sob o cobertor
Am              E/G#            Gm6              D7/F#
As aparências enganam, aos que gelam e aos que inflamam
 F#m             F#m7+      Am         Cm   F7/13   Gm
Porque o fogo e o gelo se irmanam no outono das paixões
Cm                 D/C                    Bm                Em
Os corações cortam lenha e, depois, se preparam pra outro inverno
  C#m5-/7           G      D#º               Em
Mas o verão que os unira, ainda, vive e transpira ali
  G7                    C7+   Cm   F7/13      G7+
Nos corpos juntos na lareira, na reticente primavera
     A7/9/11+  F#m5-/7            B7   A7/9/11+  Am G# C7+
No insistente perfume de alguma coisa chamada amor
21.719 exibições

Comentários 0

Composição: Arnaldo Brandao / Don Shea / Marla Cannon / Tony Pérez
Esse não é o compositor? Avise-nos.
Exibir acordes »
publicidade
fechar