Luiz Melodia

Congênito

26.492 exibições
Tom: A
Intro: Bm7  Bm6  C#m7  F#7/9


   Bm7  Bm6  C#m  F#  Bm7  Bm6 C#m F#
E|-------------------------------------|   
B|-------------------------------------|
G|-----7-----------------7-------------|
D|--7----6----6-6--4-|-7---6---6-6--4--|
A|-------------------------------------|
E|-------------------------------------|


      Bm7           Bm6
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           Bm6
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        Bm6
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#       Bm7 Bm6 C#m F#
Quanto   na terra tento descansar   
  Bm7           Bm6
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           Bm6
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        Bm6
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#
Quanto   na terra tento descansar
C#m            F#7
 Mas o tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Nao representa nada
E7     E7/B
 Tá na cara
E7          E7/B    E7   A
Que o jovem tem seu automóvel
C#m        F#7
 E tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Não representa tudo
E7  E7/B    E7     E7/B E7   A
 O puro conteúdo é consideração quem não vê
Bm7              A
goza de consideração quem não vê
      Bm7             A
então saia  consideração quem não vê
     Bm7              E7
Não goza de consideração


   Bm7  Bm6  C#m  F#  Bm7  Bm6 C#m F#
E|-------------------------------------|   
B|-------------------------------------|
G|-----7-----------------7-------------|
D|--7----6----6-6--4-|-7---6---6-6--4--|
A|-------------------------------------|
E|-------------------------------------|


Bm7           Bm6
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           Bm6
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        Bm6
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#       Bm7 Bm6 C#m F#
Quanto   na terra tento descansar   
  Bm7           Bm6
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           Bm6
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        Bm6
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#
Quanto   na terra tento descansar
C#m            F#7
 Mas o tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Nao representa nada
E7     E7/B
 Tá na cara
E7          E7/B    E7   A
Que o jovem tem seu automóvel
C#m        F#7
 E tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Não representa tudo
E7  E7/B    E7     E7/B E7   A
 O puro conteúdo é consideração vê
    Bm7              A
não goza de consideração quem não vê
      Bm7             A
então saia  consideração quem não vê
Bm7            A
sai  consideração quem não vê
    Bm7                     A
não goza de consideração vê
Bm7           A
sai consideração quem não vê...
    Composição: Luíz MelodiaColaboração e revisão:
    • criolo
    • samuel
    • Murilo Duarte
    • chacal

    Comentários 1

    • bruninhoom bruninhoom: Postado em 02/09/2012 12:07

      -Olá, gostaria de saber se vcs poderiam disponibilizar essa versão aqui, do youtube: /watch?v=4M9bPandzM0&feature=related
      Obrigado.

    conseguiu tocar?

    covers

    Grave um vídeo tocando Congênito e mande pra gente!

    Ex.: http://www.youtube.com/watch?v=0IvSvIwGdwk
    ver covers de outras músicas »
    0:00 / 0:00

    Capítulos

      2 versões de violãodificuldadeexibiçõescontribuição e correção
      2 versões de guitarradificuldadeexibiçõescontribuição e correção
      2 versões de cavacodificuldadeexibiçõescontribuição e correção
      2 versões de tecladodificuldadeexibiçõescontribuição e correção
      play/pausefechar subir/descer velocidade
      6ª corda E5ª corda A4ª corda D3ª corda G2ª corda B1ª corda E
        acordes
        publicidad
        fechar
        ok