Quase Um Verso

Silêncio Raro

Sem foto do Silêncio Raro Compositor: Manfra
Tom: A
		
Intro: | A | B | D | E |

A          B       D         E
Desenho um verso diante da janela
A        B       D         E
Descrevo luas em páginas desertas
A        B          D  E
Vários caminhos entre o céu
    A    B     D   E
E o mar... e o mar
F#m   E F#m    E
Acordo, tudo escuro
F#m         E            D  A  D         D  A  D
Limpando as cinzas dessa noite... dessa noite...
Pra que lembrar?!?

Solo: | F# | C# | F# | C# | D | C# | BxC#xD | E |

A        B       D              E
Pouco a pouco seguindo estrada afora
A         B    D                  E
Tudo tão vago... e ninguém mais se importa
A         B       D            E
Tantos destinos,... deixando a vida 
  A     B    D    E
Passar... passar
F#m E      F#m         E
Não durmo, fica tudo escuro
F#m    E         D  A  D       D   A   D
Incendiando meus olhos... meus olhos...
Pra que lembrar?!?

| A | B | D | E | 2X

F#                     E
Sempre a mesma ilusão
F#                     E
Sempre a mesma paixão
F#                     E
Sempre a mesma canção
        D    A  D
Vou lembrar!
        D    A  D
Vou lembrar!
        D    A  D
Vou lembrar!
103 exibições

Comentários 0

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente. Contribuição: ManFrA
Consegui tocarAinda não conseguiram tocar essa música. Seja o primeiro!
    Não consegui tocar
    Exibir acordes »
    publicidade
    fechar