Até Onde Os Pila Der

Tchê Barbaridade

 Tchê Barbaridade
Tom: G
		
  G
Bato os pelegos, pois pode ter muquirana que já faz mais de semana, eu não tiro os pés do chão.
        C                                                                     D
Hoje contente que chegou o fim da lida, de guaiaca bem enchida, vou alegrar o coração.
            Am                     C                       C5-                 D
Eu tomo uns tragos pra sair a meio toso, meu pingo zaino fogoso que há muito me acompanha.
        Am                        C                        C5-                 D
Mais faceiro que égua com dois potrilhos, faço trono do lombilho e pra fiambre pão com banha.

Refrão:
         G
E dá-lhe canha que essa gaita me assanha, "vamo" até segunda-feira no entreveiro das "mulhé".
          C                                                     (D)                         D(G) G C D
Roda a guaiaca e enquanto tiver pataca, pra isso minha carne é fraca, fico até onde os pila der.  2x

G
Me vou pro bolo pra bailar no "casterio", danço rancheira e bugio pra sacudir na sala.
       C                                                                                   D
Se por acaso me agradar de alguma tchanga ja convido essa camanga pra acertar par com meu pala.
            Am                        C                       C5-                     D
E assim me agacho, sou índio de cara feia que não gosta de peleia, mas não guardo desaforo.
         Am                     C                        C5-                     D
Lido no campo, faço doma e alambrado, fim de semana e feriado, saio a campear namoro.

Refrão 2x
G C D
Refrão 2x
G C D  G
1.015 exibições

Comentários 0

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente. Contribuição: Fufyl
Consegui tocarAinda não conseguiram tocar essa música. Seja o primeiro!
    Não consegui tocar
    Exibir acordes »
    publicidade
    fechar