Paraíso

Victor e Leo

 Victor e Leo
Tom: A
		
(intro)  Bm  Bm/A  E/G#  E  A  E/G#  F#m  Bm  Bm/A  E  (E)  A

A 		 Bm Bm/A	E
Lá no ranchinho da serra
	       A  E/G#  F#m
Meu paraíso primeiro
		   E
Corta as matas verdejantes
	    A
E as colinas verdes
	  Bm	    E	      A
Saciando a sede num riacho cristalino

		 E
Vai florindo as campinas
	       A
Cumpre o seu destino
	     Bm
Banhando os meninos
	  E             A
Que em seu leito vão brincar

(refrão)
 	  E
 Cá na paineira vem cantar
 	 A
 O companheiro, sabiá
               E                 A
 Que exalta os dias com suas canções
 	  E
 Cá no meu ninho ao despertar
 	   A
 No vão das palhas vem soprar
 	  E	              A
 Um cheiro puro de campinas orvalhadas

 	Bm		           E
 Tem uma rede, um perdigueiro e um alazão
 	A	      E/G#	F#m
 E uma morena cheirando a flor do sertão
 	  Bm	    Bm/A	        E/G#	E
 Tem uma viola para as noites de luar
 	 (E)			  A
 Cantar em versos para o amor desabrochar

(intro)
		     Bm      E
Quando a chuva molha a terra
		      A   E/G#   F#m
Florindo as grandes mangueiras
		 E	              A
E os periquitinhos verdes brincam nas palmeiras
	      Bm	           E	    A
E entre as gameleiras pula o feliz tico-tico
		E		      A
Brotam no seio da terra humildes grãos de milho
              Bm	         E            A
Verdejando os trilhos onde já muitos brotaram

 	 E
 Cá na paineira vem cantar
        A
 O companheiro, sabiá
 	      E                A
 Que exalta os dias com suas canções
 	  E
 Cá no meu ninho ao despertar
 	   A
 No vão das palhas vem soprar
 	  E	              A
 Um cheiro puro de campinas orvalhadas

 	Bm			  E
 Tem uma rede, um perdigueiro e um alazão
 	A	      E/G#	F#m
 E uma morena cheirando a flor do sertão
 	  Bm	     Bm/A	       E/G#	E
 Tem uma viola para as noites de luar
 	 (E)			D	E	A
 Cantar em versos para o amor desabrochar

Comentários 0

Composição: Tony Batista
Esse não é o compositor? Avise-nos.
Contribuição: Felipe Simões Correções: Rafa »
Exibir acordes »
publicidade
fechar