Cifra Club

Sábado

A Banca 021

Letra

Sonhei que estava sozinho, e acordei
Ainda estou te procurando e não achei
Pensei que seria tranquilo
Como aquele sonho que era tão lindo

Confesso que esta sendo difícil
Sem você a vida é complicada

Sabe o momento que se chega a pensar
Que tudo que fez não deu em nada?
Não queria fazer o que faz
Que poderia viver em paz

Se tivesse vivendo pelo seu amor
Reprimir sentimentos só traz dor
quero viver pelo nosso amor
Reprimir sentimentos só me traz dor

Assumo o risco, viver, não é perder tempo
O desafio é viver, sem parar no tempo
Sem estagnar, vamos viver agora
Estamos vivos quero viver agora

Engulo seco, prendo o choro, me sinto culpado
Me matando, um labirinto, o destino cruzado
Não aguento mais, tenho me enganado
Tudo é possível e o mundo complicado

As coisas são desse jeito, e eu só quero mudar
Juntos chegaremos a qualquer lugar
Somos nos caçadores solitários
Sem razão, explicação o que importa cê sabe

Querendo te encontrar pra falar de amor
Preciso te mostrar quem não sabe que sou
Me inspira e me afogo, em meu mar de versos
Enquanto não acontecer quero você por perto
E tudo que eu puder

Tudo que eu puder, tudo que eu fizer
É pra você meu bem
A gente junto o mundo é nosso
Não tem pra ninguém
Eu vou aonde for, se você estiver
Vou aonde for, e você vier

Como se pudesse esquecer
Fazer de conta que nada, tivesse vindo a acontecer
Sei lá, simplesmente acordar e não lembrar
Deixar de lado a melhor das lembranças e se enganar

Mas não, espera só até a hora de dormir quando tudo vier a tona
Caos, solidão, angústia, 4 paredes, a vida uma zona
Sentimento sentido na pele, na dor
Sensação de estar contra o mundo, tudo em prol do seu amor

Queria eu poder dizer "nosso", minha nossa já não sei
O que há de vir? não quero me contentar em saber que tentei
Já pode ser tarde, tudo pode ser em vão e só restar a saudade
Não sei se o tempo te leva de vez ou te traz um pouco mais tarde

Por mais que eu queira fugir, me ver livre do que eu mais quero ter
Explica pro que não tem explicação, a vontade intensa de viver
Com você...já nem duvido "se", assumo deixei falhas
Me afogo em erros que nem sei, me julgo o maior canalha

E tudo hoje é tão sem vida, a primavera já não é mais bonita
O verão que mais parece o inverno, e a chegada com gosto de despedida
Dessa trama, louca, vivida a dois por um só coração
O tempo todo sempre foi eu, sozinho, nessa triste estação

Tudo que eu puder, tudo que eu fizer
É pra você meu bem
A gente junto o mundo é nosso
Não tem pra ninguém
Eu vou aonde for, se você estiver
Vou aonde for, e você vier

Colaboração e revisão:
  • Filipe Porto

0 comentários

mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK