Cifra Club

De Carne Y Hueso

Amaral

De Carne E Osso

Letra

Bajo el aliento de cipreses centenarios
Entre el claroscuro de sus ramas
Que acarician los castaños
Uh uh uuuh

Sobre un altar de johas secas y helechos
El sol resbalaba por mi pecho
Y brillaba en tu pelo
Uh uh uuuh

He venido al mundo desnuda bajo el cielo
Es todo lo que tengo
Ya no somos ángeles
Ya no tengo miedo
Soy de carne y hueso

Como dos potros salvajes
Sin pertenecer a nadie
Mientras miran las lechuzas
Y las viboras cambian de muda

Mientras flota en el aire polen de amapola
Que se cruza en su viaje con hilos de seda
De arañas que ondean como banderas deshechas

He venido al mundo desnuda bajo el cielo
Es todo lo que tengo
Ya no somos ángeles
Ya no tengo miedo
Soy de carne y hueso
Soy de carne y hueso

Sob o acento cipreste centenários
Entre o claro-escuro dos seus ramos
Que acariciam os castanhos
Uh uh uuuh

Sobre um santuário de folhas secas e fetos
O sol escorregava pelo meu peito
E brilhava no teu cabelo
Uh uh uuuh

Vim ao mundo nua sob o céu
É tudo o que tenho
Já não somos anjos
Já não tenho medo
Sou de carne e osso

Como dois cavalos selvagens
Sem pertencer a ninguém
Enquanto olham as corujas
E as cobras mudam de pele

Enquanto paira no ar pólen de papoula
Que se cruza na sua viagem com fios de seda
De aranhas que ondulam como bandeiras desfeitas

Vim ao mundo nua sob o céu
É tudo o que tenho
Já não somos anjos
Já não tenho medo
Sou de carne e osso
Sou de carne e osso

00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir
Outros vídeos desta música
Composição de Eva Amaral/Juan Aguirre
Colaboração e revisão:
  • Ana Sofia

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK