Cifra Club

Tunnels

Angels & Airwaves

Túneis

Letra

I am still, without devotion
Cause we're all asleep at the wheel
Asleep and so surrounded by what we feel
A bad dream

On a rope and pulled through an ocean
With my heart, I'm lost out at sea
And every kind of thought screams misery
So lonely

I'm a Johnny-come-lately, but I will not give up
And the words they escape me, but I’m full of dumb luck
And world is an oyster, with a poisonous shell
And the look in my eye is a look that can kill

I am not (dream a bit) without emotion
I have ran from the pain of my will
From the mess of the hunt and the catch and the thrill
And I'm ill

I am not (dream a bit) in the circles of envy
I’d thank God, but then what is he for
'Cause I left a few hard calls at his front door
I'll leave more (dream a bit)

I'm a Johnny-come-lately, but I will not give up
And the words they escape me, but I’m full of dumb luck
And world is an oyster, with a poisonous shell
And the look in my eye is a look that can kill

Don’t you go, come a little bit closer now
If you like, when you die
Wake your soul to a little of fire now
If you like, when you die
Speak to me, cry a river and make believe
If you like, when you die
Clasp your hands, do whatever your heart commands
You will find, when you die
You are mine

(Dream a bit)
(Dream a bit)

Don’t you go, come a little bit closer now
If you like, when you die
Wake your soul to a little of fire now
If you like, when you die
Speak to me, cry a river and make believe
If you like, when you die
Clasp your hands, do whatever your heart commands
You will find, when you die
You are mine

Eu ainda estou sem devoção
Porque somos todos dormindo ao volante
Adormecido e assim rodeado por aquilo que sentimos
Um sonho ruim

Em uma estrada e puxado através do oceano
Com o meu coração, eu estou perdido no mar
E todo tipo de pensamento grita miséria
Tão solitária

Eu tenho me afogado ultimamente, mas eu não vou desistir
Minhas palavras escapam de mim, mas eu estou cheio de sorte burra
E o mundo é uma ostra, com uma concha venenosa
E o olhar nos meus olhos é um olhar que pode matar

Eu não sou (sonhe com isso) sem emoção
Eu corri da dor da minha juventude
Da bagunça da caça e uma captura e uma emoção
E eu ajoelhei

Eu não estou (sonhe com isso) nos círculos da inveja
Eu agradeço a Deus, mas então para que ele é
Porque eu deixei mais um pouco de chamadas na porta da frente dele
Eu vou deixar mais (sonhe com isso)

Eu tenho me afogado ultimamente, mas eu não vou desistir
Minhas palavras escapam de mim, mas eu estou cheio de sorte burra
E o mundo é uma ostra, com uma concha venenosa
E o olhar nos meus olhos é um olhar que pode matar

Não que você vá, venha um pouco mais perto agora
Se você quiser, quando você morrer
Levante sua alma para um pouco de fogo agora
Se você quiser, quando você morrer
Fale comigo, chorar um rio e fazer crer
Se você quiser, quando você morrer
Bater palmas, fazer o que seus comandos do coração
Você vai encontrar, quando você morrer
Você é minha
(Sonhe com isso)
(Sonhe com isso)

Não que você vá, venha um pouco mais perto agora
Se você quiser, quando você morrer
Levante sua alma para um pouco de fogo agora
Se você quiser, quando você morrer
Fale comigo, chorar um rio e fazer crer
Se você quiser, quando você morrer
Bater palmas, fazer o que seus comandos do coração
Você vai encontrar, quando você morrer
Você é minha

Composição: Tom DeLonge Colaboração e revisão:
  • Felipy Ferreira
  • Gustavo Simioni

0 comentários

mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK