Cifra Club

Música infantil: artistas que não podem faltar na playlist da criançada

A música infantil tem um lugarzinho especial no cotidiano das crianças. Afinal, há canção para tudo: para a hora de dormir, brincar, dançar, cantar e se desenvolver. E quem não tem uma música que ouvia na infância e que hoje traz uma chuva de boas lembranças, não é? Por isso, é importante proporcionar memórias afetivas bacanas para os baixinhos de hoje.

Paulo Tatit e Sandra Peres, membros da Palavra Cantada, artistas de música infantil
Música, poesia, teatro e diversão da dupla Palavra Cantada são ótimas companhias para crianças (Foto/Divulgação)

E com o Dia das Crianças chegando, é mais do que necessário conhecer artistas e montar uma playlist para animar a criançada! Pensando nisso, reunimos aqui 7 opções para te ajudar a unir musicalidade e diversão. Se liga só!

7 artistas da música infantil pra ampliar o repertório das crianças

Para montar esta lista, a ideia foi trazer artistas diferenciados e que fujam do óbvio. Por aqui, você vai encontrar muita qualidade musical, misturas de ritmo, cantores já consagrados e novos na cena. 

E vamos de desafio: que tal aprender algumas das músicas dos grupos a seguir e tocar no Dia das Crianças? Será festa garantida! Continue lendo e escolha as que você mais curtir!

1. Palavra Cantada

A dupla formada por Sandra Peres e Paulo Tatit começou sua história no mundo infantil em 1994. Desde então, música e brincadeira andam juntas por um caminho de  muito capricho nos arranjos, letras e melodias. Nesse sentido, a Palavra Cantada faz das canções um espetáculo, com muitas cores e presença de palco digna de uma peça teatral.

Em sua carreira musical, a dupla já lançou 16 discos, sendo que 6 deles já receberam premiações, entre elas, o Prêmio da Música Brasileira. O repertório traz canções autorais, versões de grandes clássicos infantis e também da música popular, forma bacana de apresentar a cultura brasileira aos pequenos. Veja a seguir o lançamento mais recente da Palavra Cantada!

2. Pequeno Cidadão – música infantil com pitadas de rock

E se juntar Pop Rock com música infantil? Dá em Pequeno Cidadão! A banda foi criada em 2008, por Taciana Barros, Antonio Pinto e Edgard Scandurra, na época a formação original também tinha Arnaldo Antunes. Uma curiosidade é que a ideia surgiu com um momento de diversão com os filhos no estúdio.

E essa combinação deu tão certo, que o grupo lançou 4 álbuns, DVDs e até livros. As letras das músicas tratam do universo infantil, das experiências dos integrantes como pais e suas recordações de infância. Tudo isso com uma qualidade tremenda! Se liga só

3. Adriana Partimpim 

Já consagrada na MPB, Adriana Calcanhoto também ganhou os corações dos pequeninos com sua música e não pode faltar na playlist da garotada. Seu projeto no universo infantil começou em 2009, com o heterônimo de Adriana Partimpim, apelido que a cantora recebeu do pai quando era criança.

O lançamento desse projeto foi em 2004 e rendeu um Grammy Latino de melhor álbum infantil e foi um verdadeiro sucesso de vendas. Mais dois discos foram lançados consolidando a cantora no gênero. Confira a versão da música “8 Anos”, numa apresentação ao vivo e cheia de cores:

4. Grupo Triii

Os anos 2000 foi a era de ouro da música infantil, pois, como vimos, muitos artistas incríveis começaram projetos voltados para as crianças. Esse também é o caso do Grupo Triii, que surgiu na cena em 2008, criado por Marina Pittier, Fê Stok e Ed Encarnação.

A proposta do trio é unir diversão e música, com letras e melodias que passam ensinamentos essenciais para as crianças de forma lúdica e até com coreografia. Com certeza vem daí sucesso da banda, que já tem mais de 10 anos de estrada! Confira só essa música do Grupo Trii, perfeita para aprender as vogais:

5. Tiquequê – música infantil que estimula a criatividade

Em 2011, alguns amigos juntaram um interesse em comum muito especial para formar uma banda: o amor pela música infantil. Angelo Mundy, Diana Tatit, Isabel Tatit e Wem são os nomes dos integrantes que deram vida ao Tiquequê. O grupo faz shows por todo país com direito a teatro, dança e brincadeiras. É diversão na certa para a criançada.

Além disso, o Tiquequê tem uma proposta muito bacana de inserir os mais diversos instrumentos em suas canções, inclusive objetos, como latinhas. Essa ideia mostra para a garotada que a música está em todo lugar e é claro estimula a criatividade. 

6. Grandes Pequeninos 

Como vimos, vários artistas já consagrados em outro estilo musical acabam se encantando com o mundo infantil quando entram mais em contato com ele. Também foi o caso do cantor Jair Oliveira, ex-membro da Turma do Balão Mágico, e da atriz Tania Khalill. Após o nascimento da filha do casal, ambos perceberam a musicalidade presente no cotidiano das crianças e assim nasceu o projeto Grandes Pequeninos.

Essa união entre família e música já rendeu 2 álbuns, o O Mundo É Grande e Pequenino e Espelho Meu. Eles trazem composições ideais para a garotada, por tratarem de temas como a importância da alimentação, lavar as mãos e até de ler. Veja um exemplo de música muito legal e que fala sobre o respeito às diferenças:

7. Barbatuques – música infantil com expressão corporal

Imagine fazer música só com o corpo? É o que o Barbatuques faz há mais de uma década. O grupo é formado por 14 integrantes e sai Brasil afora levando a percussão corporal também para a música infantil. Palmas, assovios, sapateado… tudo vale, desde que o objetivo for fazer arte. 

O primeiro álbum para crianças foi lançado em 2012 e se chama Tum Pá. Nele, há interpretações muito bacanas de clássicos, como Escravos de Jó e Samba Lelê. Em 2012, foi lançado o Só Mais Um Pouquinho, disco que mistura ritmos e é uma excelente opção para crianças de 6 a 12 anos.

A música infantil é muito legal né? A infinidade de ritmos combinados, a qualidade sonora e a diversão não tem idade e todo mundo pode curtir. E o melhor é que além de tudo, estimular a musicalização é um fator importantíssimo para o desenvolvimento. Portanto, incluir isso no dia a dia das crianças ajuda no processo de construção do adultos de amanhã.

O mês de outubro é delas então não esqueça de compartilhar o post nas suas redes para ajudar a ampliar o repertório dos baixinhos por aí!

Mais coneúdo sobre música infantil

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK