Cifra Club

Conheça a história de Ney Matogrosso

Avesso aos holofotes fora do palco, transgressor quando sobe nele. A biografia de Ney Matogrosso é marcada pela irreverência em épocas tão difíceis, a coragem de sair de casa cedo e a qualidade musical.

Ney Matogrosso em show com os braços abertos e figurino chamativo
Ney Matogrosso em mais uma apresentação performática, sua marca registrada (Foto/Folha)

Assim, o ex-integrante dos Secos e Molhados se sobressaiu dentro e fora da banda, sendo considerado pela Rolling Stone como a terceira maior voz brasileira de todos os tempos. Juntamente à sua originalidade artística, está a maquiagem cênica, marca registrada na carreira, que mudou os conceitos do masculino no país. 

Em homenagem ao seu aniversário, separamos algumas curiosidades para você conhecer mais sobre esse artista que revolucionou a música brasileira. Vem com a gente?

Quem é Ney Matogrosso?

Ney de Souza Pereira é, além de cantor, compositor, dançarino, ator e diretor. Embora famoso com seu nome artístico, Matogrosso é um resgate da história da família. Isso porque seu pai possui o sobrenome que é também uma referência ao seu estado de origem.

Filho de militar, Ney viveu uma infância nômade, indo de cidade a cidade. Mas foi ao ir embora de casa que ele encontrou seu lugar no mundo.

Após uma infância e adolescência marcadas pela solidão, aos 18 anos assumiu sua homossexualidade e saiu de casa com objetivo de ingressar na Aeronáutica. Depois desse período de indecisões, Ney desiste de servir e se muda para Brasília, onde passou a trabalhar no laboratório de um hospital. 

Porém, a veia artística falou mais alto. Assim, ao participar de um festival universitário, a chama da arte foi reacendida. Dessa forma, ele decidiu focar no teatro, profissionalizando-se e migrando para o Rio de Janeiro. Ele passou a viver da própria arte na praia, oferecendo peças em couro e vivendo uma filosofia hippie.

E foi nesse período também nômade entre Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília que Ney conheceu o produtor musical João Ricardo. Ele procurava um cantor de voz aguda para compor um conjunto musical. Logo, começava aí a história de Ney com o Secos e Molhados

Ney Matogrosso e o Secos & Molhados

Ao falarmos da biografia de Ney Matogrosso, é imprescindível falarmos de Secos & Molhados, uma vez que o grupo marca o início de sua carreira.

A formação inicial do grupo era composta por João Ricardo, Fred e Pitoco. Após os últimos dois resolverem seguir carreira solo, João sai à procura de um vocalista. Neste momento, ele conhece Ney, e logo os ensaios começaram.

Depois de um ano, o grupo lançou seu primeiro disco e atingiu mais de 300 mil cópias em apenas dois meses. Em pouco tempo, já eram milhões de cópias. 

Como resultado dessa alta vendagem, em pouco tempo o Secos & Molhados se tornou um fenômeno da MPB, com sucessos como Sangue Latino, O Vira e Rosa de Hiroshima

Além disso, é importante destacar que suas letras continham críticas à ditadura. Primavera nos Dentes e Assim Assado, por exemplo, são ótimas amostras disso.

Logo, o sucesso migrou para a TV, onde as maquiagens e as roupas inusitadas eram exibidas ao público, mostrando o estilo glam rock ao Brasil. Após sua ascensão à mídia, eles bateram recordes de público, realizaram turnês internacionais e lançaram um segundo disco, com destaque para a faixa Flores Astrais.

Porém, o pouco sucesso comercial do segundo trabalho veio acompanhado de brigas internas e separações. Assim, cada um decidiu rumar à carreira solo. Então, Ney Matogrosso inicia, no ano seguinte, o seu próprio projeto. 

Apesar da curta duração da carreira, o grupo deixou um legado na música nacional que perdura até hoje!

A carreira solo

Falar de toda a discografia de Ney Matogrosso é uma missão quase impossível, diante de 25 álbuns de estúdio, além de projetos ao vivo e coletâneas.

O álbum de estreia, Água do Céu – Pássaro (1975), foi considerado extravagante demais e não teve a vendagem esperada. Porém, serviu de conteúdo distribuído como um compacto, aumentando seu alcance.

Mas foi com o disco Bandido (1976) que o reconhecimento veio. Nesse sentido, a canção Bandido Corazón, composta por Rita Lee, se tornou hit em sua voz, dentre outras músicas.

Ney escandalizava o Brasil e não fazia questão de escondê-lo. Por isso, Bandido é considerado o seu espetáculo mais ousado e performático, contribuindo para que surgisse sua sequência, o álbum Pecado, lançado em 77. 

Assim, seu repertório se estendeu nos anos 70 e 80 marcado pela transgressão, devido às ameaças durante a ditadura militar. Além disso, sua estética andrógina, à lá David Bowie, flerta também com a Tropicália

Portanto, mais do que inovar, Ney serviu de inspiração para uma geração de novos artistas até os dias de hoje. 

As parcerias de Ney Matogrosso

As colaborações de Ney Matogrosso com outros artistas não se limitam à música. Nesse sentido, foi ele quem atuou como diretor no espetáculo de Cazuza, O Tempo Não Para, assim como outros junto a Simone e o RPM.

Ademais, atuou no longa Sonho de Valsa e no curta Caramujo, e foi responsável pela iluminação de espetáculos de Nana Caymmi e Nelson Gonçalves. 

Agora, por não limitar seu estilo musical a um só gênero, Ney flertou com o pop, o samba e a MPB, apresentando inéditas e releituras. Nesse sentido, trabalhos como À Flor da Pele, em parceria com Raphael Rabello, merecem destaque.

Da mesma forma, Um Brasileiro, com canções de Chico Buarque, e dois álbuns em homenagem a Cartola, se sobressaem.

Dentre a nova leva de artistas, Ney colaborou com Gaby Amarantos e Urias, na vigorosa Vênus em Escorpião. 

Recentemente, lançou o trabalho Nu com a Minha Música, em celebração dos seus 80 anos de idade. Um presente para ele e para os fãs! Saca só:

Agora que você conheceu mais sobre a biografia de Ney Matogrosso, que tal celebrar seu aniversário compartilhando este post?

Assim, você e sua galera desvendam mais sobre esse grande artista nacional e se inspiram a ter o seu estilo próprio. Parabéns, Ney!

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK