Cifra Club

Champignon e Marcão falam sobre polêmica do Charlie Brown Jr

Após a EMI divulgar uma nota deixando claro que a marca Charlie Brown Jr pertence ao cantor Chorão e que não deve ser usada sem as devidas autorizações legais, os músicos Champignon e Marcão se manifestaram.

Com indignação e surpresa os ex-integrantes da banda esclarecem que jamais aceitariam vender um show deles com o nome do projeto que para eles é passado.

Veja a nota de Champignon e Marcão na íntegra:

 

"Comunicado á Imprensa e fãs:
 
         Ficamos muito surpresos e indignados com o que foi divulgado recentemente na mídia e gostaríamos de esclarecer as seguintes questões:
 
         1º – Não fomos “demitidos” de nossa antiga banda, como alguns canais da mídia erroneamente anunciaram, pois a dissolução contratual e artística do grupo deu-se de comum acordo.
 
        2º –  Nunca permitimos ou permitiríamos que um show nosso fosse vendido como uma banda que não mais fazemos parte, pois seria um desrespeito a nós e ao público.
       
        3º –  Fomos convidados para participar de um Projeto com o músico Marcelo Bonfá ( Legião Urbana ), onde iríamos acompanhá-lo em três shows nos Estados Unidos,  para tocar sucessos da Legião Urbana e trabalhos solos e o mesmo foi muito bem aceito e então batizado de RIO-SANTOS, ao qual daremos continuidade aqui no Brasil.
    Quem quiser conferir pode acessar ou contatar diretamente a produção do evento. (clique aqui para ver vídeo).
 
         4º – Não somos responsáveis pelo material promocional do show e segundo a produção do evento que nos contratou e que fez a divulgação do mesmo, nos identificou como somos chamados pelo público, Marcão e Champignon (ex-Charlie Brown JR) e Marcelo Bonfá (ex-Legião Urbana).  Sendo assim, não vemos sentido na nota recentemente divulgada,  já que sermos chamados de "ex" por terceiros é uma referência condizente com o passado de que muito nos orgulhamos.
       
         5º – Quanto a tocar qualquer música de nossa autoria, se o público pedir, é motivo de honra e não vemos motivos para indignação de qualquer parte, afinal somos autores de várias músicas de uma banda que participamos durante quase 15 (quinze) anos e não existe lei que nos impeça de tocá-las, mesmo não sendo do nosso interesse, mas talvez sendo do público.
         Além da RIO-SANTOS hoje estamos engajados nos projetos TH6 (Marcão) e Revolucionnários (Champignon)  e projeto Music Legends, além do próprio RIO-SANTOS.
  
         Por fim, enfatizamos que não iremos tolerar a divulgação de inverdades, sendo que nossas assessorias jurídica e de imprensa já contam com elementos para a tomada de medidas responsabilizando os autores de tantas inverdades.
 
 
Marco Antônio V. Britto Jr (nas artes “Marcão”) e Luiz Carlos L. Duarte Jr (nas artes “Champignon”) "

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK