Cifra Club

Hits dos anos 90 e 2000 que muitas crianças nem conhecem

Dizem por aí que o tempo voa. Parece coisa de vó, mas a gente percebe isso cada vez mais com a evolução das tecnologias. Se há 2o anos as pessoas sabiam sobre músicas novas graças às rádios e à MTV, hoje está tudo disponível facilmente no YouTube.

Não à toa, a música ficou cada vez mais segmentada – é muita gente diferente curtindo muita coisa diferente. Sorte a nossa, que podemos ter um leque de boas playlists super acessíveis! (Bem mais do que esperar a música tocar pra gravar na fitinha).

Resolvemos resgatar alguns hits dos anos 90 e 2000, que bombaram principalmente porque tocavam em tudo quanto é lugar e não tinha muito como escapar dessas influências. No meio deles pode ter um ou outro flop, mas a gente resgata assim mesmo, porque, afinal de contas, eles são da hora!

O lance é que muitos ficaram mesmo no passado e, se você é novinho ou novinha, talvez nem tenha ouvido falar nessa galera.

Sente só:

1. Shaggy – It Wasn’t Me

Todo mundo cantou esse hit sobre um cara que não assume a traição, mesmo com as evidências na ponta do nariz. Hoje, poderia ser facilmente um hit do Safadão.

O maior hit do Shaggy é tão contagiante que não pode ser esquecido!

2. Linkin Park – Crawling

Antes de fazer um som meio R&B, o Linkin Park foi a maior banda de rock que você respeita nos anos 2000 – ou, pelo menos, a mais famosa. Foram eles que popularizaram o new metal, estilo super controverso, mas que conquistou uma legião de fãs. E esse clipe aqui passava até enjoar:

3. Angélica – Se a Gente Se Entender

Toda reflexiva na hora de escovar os dentes

 

Angélica foi a primeira apresentadora loira de programas infantis a tentar a sorte com o público teen. Ela regravou Linger, do The Cranberries, em uma versão chiclete pra ninguém botar defeito e um clipe super moderninho, bem no estilo dos anos 2000.

Basta ouvir o refrão “Seria bem mais fáciiiiil, bem mais fáciiil, da gente se entendeer…” pra essa música não sair da sua cabeça nunca mais (mesmo 18 anos depois).

4. Sheila Mello – Água

É até difícil acreditar, mas a loira do Tchan tentou uma carreira na música pop (!!). Na época de Britneys e Christinas Aguileras, a indústria brasileira bem que tentou despontar uma diva loira no pop também, mas a tentativa – pelo menos com a Sheila Mello – foi meio frustrada. Flopou, coitada.

Graças à internet, este clipe foi resgatado há alguns anos e virou até meme por conta da letra e atuação maravilhosa. Não podemos jamais esquecer desta pérola da música brasileira: Você me seca. E eu tô virando água.

Essa é pra mandar pro crush, hein?

5. SNZ – Retrato Imaginário

 

Você já ouviu falar de Sarah Sheeva, Nana Shara e Zabelê? Antes de virar pastora e de ganhar a mídia ao falar que está há 10 anos sem ver “aquilo maravilhoso”, Sara e as irmãs formaram o SNZ, tentativa brasileira de bombar trios pop, como o Destiny’s Child ou o TLC, nos anos 90.

Elas acabaram lançaram um ou outro hit que bombou, mas nenhuma como essa aqui, “Retrato Imaginário”.

Vê se não parece quase um hit da Britney Spears?

6. Kelly Key – Cachorrinho

Muito antes da palavra “empoderamento” ter virado tendência, Kelly Key mostrou que não abaixava a cabeça para o boy. Prova disso é o hit “Cachorrinho” – mais do que mostrar quem é que manda nessa p*rra, a ex de Latino incitou o ódio nos machos de plantão com essa música – tanto que o Mc Serginho (quem lembra??) fez uma resposta ao hit – que não foi nada feliz. #cholamais

LEIA TAMBÉM:

Veja como ficaram os ídolos emo dos anos 2000

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK