Cifra Club

Músicas dos Beatles: aprenda a tocar as melhores

As músicas dos Beatles fizeram deles a banda mais influente da cultura pop. De Liverpool para o mundo, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr inauguraram uma era na história da música.

Em suma, podemos dizer que o quarteto influenciou todas as gerações subsequentes. Assim sendo, você ouve o som deles reverberando nas playlists de rock disponíveis nas plataformas de streaming, bem como nos LPs que rolam no seu toca discos.

Tocar músicas dos Beatles no violão
As raízes das músicas dos Beatles sempre estiveram no violão (Foto/Internet)

O quarteto sempre teve forte ligação com os violões e instrumentos que os ajudaram a criar melodias memoráveis no pop rock dos anos 60. Nesse sentido, até hoje as músicas dos Beatles são as mais ouvidas e tocadas no mundo.

Para que você fortaleça a chama “Beatlemaníaca”,  preparamos esta coletânea especial para você fazer um som por aí. Confira!  

Músicas dos Beatles mais icônicas para tocar no violão

O quarteto construiu uma obra incrível; não é atoa que a “Beatlemania” continua sendo um fenômeno social relevante. Por consequência, tocar essas canções é algo que quem curte cultra pop precisa fazer. Assim sendo, pode tocar as melhores músicas dos Beatles que preparamos nesta seleção incrível!

Love Me Do 

Lançada há 59 anos, Love Me Do foi o primeiro single da banda. Composta por Paul McCartney e John Lennon, essa música realizou um feito histórico na época: investir no material autoral. 

Para tocar essa canção no violão, você utilizará 7 acordes simples, no tom de G e afinação padrão das cordas. Ainda tem uns riffs na introdução e no decorrer da melodia para você arrasar em sua performance.  

A Day In The Life

Considerada uma verdadeira obra-prima psicodélica, A Day In The Life é a última faixa do álbum Sgt. Pepper ‘s Lonely Hearts Club Band, lançado em 1967.

Essa canção foi incluída na 28ª posição no ranking das 500 melhores já escritas, de acordo com a revista Rolling Stone. 

Contando com 16 acordes, essa é uma das músicas dos Beatles mais complexas. O tom é G, com afinação das cordas de forma padrão. Uma atenção especial para o acorde F7M/C, destaque no arranjo, que pode ser incomum para músicos iniciantes. 

Yesterday – a melhor entre as melhores músicas dos Beatles?

Faixa do Álbum Help, gravada em 1965, Yesterday é a canção mais foi regravada na história da música.

Para tocar essa música, é preciso afinar o violão com um tom abaixo do padrão. Logo, a afinação se dará dessa forma: corda Mi em D; 5º corda em G; 4º em C; 3º em F; 2º A; e primeira corda D. 

O tom da música é em Dm, na forma dos acordes no tom de Em. Ao todo, são 12 acordes e uma batida que exige bastante dos dedos.

In My Life

É uma das músicas dos Beatles mais emblemáticas. Composta por Lennon/McCartney, essa canção apresenta sensação de luto pelas coisas e amizades perdidas. 

Com seus 9 acordes, In My Life utiliza capotraste na 2º casa, além de uma introdução bastante trabalhada, um aspecto característico da melodia dessa canção. Abaixo, você aprende a tocar esse hit:

Hey Jude

Hey Jude surgiu por iniciativa de Paul McCartney, durante uma viagem para  Weybridge. A canção é uma mensagem de alento, não apenas para o filho de Lennon, mas para todos que a escutam.

Para tocar Hey Jude no violão, você irá utilizar somente 9 acordes em toda música, no tom de F.  Para simular o piano, é preciso realizar um ritmo especial utilizando os três dedos: polegar, indicador e médio. Ao mesmo tempo, para completar o dedilhado, utiliza-se uma palheta que é executada com os dois dedos: mindinho e anelar.

Veja tudo na videoaula abaixo:

Blackbird 

A canção Blackbird tem como tema a questão dos conflitos raciais que assombravam a década de 60. A música serviu como estímulo para o combate ao racismo, sobretudo na América do Norte. 

A mensagem da canção é que, mesmo em meio às dificuldades, é preciso permanecer na luta. Logo, ainda que as asas estejam quebradas, continue voando.

A música é tocada e cantada apenas por Paul McCartney. E, para executá-la no violão, o segredo é utilizar a batida do pé, a fim de fazer um efeito sonoro bem interessante.

Confira na videoaula abaixo:

Something

Something é a lendária canção de George Harrison, lançada em 1969, como single do álbum Abbey Road. Uma versão de oito minutos foi gravada originalmente e então encurtada.

Para tocar Something de forma simplificada, você utilizará 17 acordes (na versão principal são 25 acordes) em  tom de G e ritmo básico.

Tomorrow Never Knows – o enigma entre as músicas dos Beatles

Tomorrow Never Knows é um enigma. Os loops, a guitarra de George, a bateria interminável de Ringo, o baixo de Paul, e as letras de John sobre o amor, a vida e a morte, são um conjunto perfeito que soam em grande harmonia

Tecnicamente, no violão, essa é umas das músicas dos Beatles mais simples e fáceis de tocar. Nesse sentido, utiliza-se apenas 2 acordes: C11 e C, e tom em C. 

Quanto à afinação do violão, deve ficar dessa forma: 6ª corda E; 5ª corda A; 4ª corda D; 3ª corda G; 2ª corda B; 1ª corda E.

Let it Be

Por fim, não poderíamos deixar de citar uma das melhores músicas dos Beatles: Let it Be, que também representa os últimos suspiros da banda. 

Mas, mesmo tendo as erupções internas como pano de fundo, essa é até hoje considerada uma das melhores canções de todos os tempos.

Na videoaula a seguir, você saberá como executar essa música no violão. São apenas 6 acordes mais simples e um solo arrebatador.

Gostou dessa seleção das mais icônicas músicas dos Beatles? Leia também este artigo com as tops dos garotos de Liverpool

E não esqueça de compartilhar este link com seus amigos. Eles também podem querer aprender a tocar essas canções incríveis da melhor banda de rock de todos os tempos. 

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK