Cifra Club

Rapidíssimas: Rock in Rio é sold out, IA cria hit country e muito mais

Se clicou no link deste post, você acaba de acessar a coluna Rapidíssimas, amigo (a) leitor (a)! Neste espaço, a gente conversa sobre os principais assuntos que andam bombando no mundo musical.

Nesta sexta, você vai ver o clipe de uma canção criada por mecanismos de inteligência artificial! Além disso, vamos conferir a “presença de Anitta” em uma importante conferência de música. Ah, e tem também notícias sobre o Rock in Rio.

Rock in Rio é sucesso de bilheteria, outra vez

Começa a contagem regressiva para o Rock in Rio (Divulgação)

Agora chega de spoiler, né? Coloque seus fones de ouvido, prepare o seu café [pode ser chá, suco, breja ou qualquer bebida de sua preferência ;)] e boa leitura!

Rock in Rio é sold out

Quem comprou, comprou; quem não comprou, não compra mais! A organização do Rock in Rio anunciou, nesta quinta, que todos os ingressos para a próxima edição do evento foram vendidos. Mais uma vez, o maior festival de música do planeta é sold out.

Curiosamente, o dia estrelado pelo Foo Fighters foi o que mais demorou para ter todos os ingressos vendidos.

Foo Fighters está a caminho do Rock in Rio

Foo Fighters vem para o seu segundo Rock In Rio (Divulgação)

A festa vai rolar nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro, no Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio. Serão 12 horas de festival por dia, com os portões abrindo às 14h e fechando às 4h.

Confira a programação dos palcos principais do Rock in Rio:

27 de setembro

Palco Mundo: Drake, Cardi B, Bebe Rexha e Alok
Palco Sunset: Seal com Xenia França, Lellê com Blaya, Mano Brown e convidado, Karol Conka com Linn da Quebrada & Gloria Groove

28 de setembro

Palco Mundo: Foo Fighters, Weezer, Tenacious D e CPM 22 + Raimundos
Palco Sunset: Whitesnake, Whitesnake, Titãs com Ana Cañas, Edi Rock & Érika Martins, Detonautas com Pavilhão 9, Ego Kill Talent e Paulo Miklos

29 de setembro

Palco Mundo: Bon Jovi, Dave Matthews Band, Goo Goo Dolls e Ivete Sangalo
Palco Sunset: Jessie J, Iza & Alcione, Elza Soares com As Bahias e a Cozinha Mineira, Kell Smith e Jéssica Ellen, Plutão Já Foi Planeta e Mahmundi

Tenacious D está a caminho do Brasil

Tenacious D está a caminho de sua estreia no maior show da Terra (Divulgação)

3 de outubro

Palco Mundo: Red Hot Chili Peppers, Panic! At The Disco, Nile Rodgers & CHIC e Capital Inicial
Palco Sunset: Encontro Pará Pop (Dona Onete, Gaby Amarantos, Lucas Estrela, Fafá de Belém e Jaloo, Francisco el hombre e Mounsier Periné), Hip Hop Hurricane (Nova Orquestra, Rael, Agir, Baco Exu do Blues e Rincon Sapiência), Emicida & Ibeyi

4 de outubro

Palco Mundo: Iron Maiden, Scorpions, Megadeth e Sepultura
Palco Sunset: Slayer, Anthrax, Torture Squad e Claustrofobia com Chuck Billy, Nervosa

5 de outubro

Palco Mundo: Pink, Black Eyed Peas, Anitta e H.E.R.
Palco Sunset: Charlie Puth, Anavitória e Saulo, Kane Brown e Giulia Be, Funk Orquestra com Ludmilla, Fernanda Abreu e Buchecha

6 de outubro

Palco Mundo: Muse, Imagine Dragons, Nickelback e Os Paralamas do Sucesso
Palco Sunset: King Crimson, Carolina Deslandes e Melim, O Terno e Capitão Fausto, Lulu Santos e Silva

Novidades do Black Keys

Depois de cinco longos anos de espera, o The Black Keys está oficialmente de volta às atividades com um novo álbum. A dupla de garage rock anunciou, nesta quinta, o lançamento de Let’s Rock, seu 9º álbum de estúdio, que chega ao mercado no dia 28 de junho.

Black Keys está de volta, com o disco Let's Rock

Novo CD do Black Keys já é candidato a melhor álbum do ano (Divulgação)

Let’s Rock trará 12 faixas autorais, gravadas ao vivo e produzidas pelo duo no estúdio Easy Eye Sound, localizado em Nashville. Para alegria dos fãs, Dan Auerbach (guitarra e vocal) e Patrick Carney (bateria) também divulgaram a faixa Eagle Birds.

Anitta lacra outra vez

A Conferência Billboard da Música Latina, que rolou nesta semana em Las Vegas, nos Estados Unidos, promoveu um debate sobre o papel das mulheres na cena latina. Para conduzir os trabalhos, o evento contou figuras femininas como Karol G, Lali Espósito e Anitta.

Anitta defende igualdade de gêneros

Se não for pra lacrar, Anitta nem sai de casa (Divulgação)

A pop star brasileira comentou que “o machismo é muito forte, principalmente nos países latinos”.

Somos muito machistas ao olhar pra uma mulher e dizer: ‘A mulher tem que fazer isto e aquilo para ser bem-sucedida, tem que ter namorado, não pode sair tanto, tem que cantar isto…’, exemplificou.

O discurso da artista carioca endossa os resultados obtidos por um estudo recente sobre a diversidade na indústria do entretenimento, promovido pela Escola Annenberg de Jornalismo e Comunicação da Universidade do Sul da Califórnia (USC). Segundo a pesquisa, apenas 11% dos artistas nas listas latinas de sucessos em 2018 foram mulheres, dois pontos a menos que o percentual registrado no ano anterior. Além disso, só 5% das 200 canções analisadas nessas listas de 2018 tiveram uma mulher como compositora.

Anitta disse ainda que a intenção das suas canções é “criar polêmicas para que o público debata sobre como aceitar a diferença”. A pop star também pediu que a conversa sobre a igualdade inclua a comunidade LGBT.

IA encontra a música country

Um tempinho depois de usar a inteligência artificial para criar o disco de pop perfeito, a turma do Botnik Studios volta a ganhar destaque na indústria fonográfica. Dessa vez, os cientistas investiram no admirável mundo [nada] novo da música country.

Músicas de Dolly Parton e Kenny Rogers ajudaram inteligência artificial

Dolly Parton e Kenny Rogers, astros do country (Divulgação)

No experimento, a equipe inseriu hits da história da música country em um computador e criou um algoritmo para gerar uma canção a partir deles. Na prática, a máquina coletou as letras de alguns dos maiores sucessos da música raiz americana e as colocou em uma rede neural de inteligência artificial com a tarefa de que ela escrevesse um novo som.

O resultado é a faixa You Can’t Take My Door, que você pode ver no clipe abaixo:

Censura pega o Sepultura

O Sepultura iria tocar no Líbano, no próximo dia 28 de abril, mas teve sua entrada proibida no país. As autoridades locais nem mesmo quiseram avaliar se a documentação dos integrantes do grupo estavam dentro da lei.

Sepultura cai na censura libanesa

Sepultura não é uma banda bem-vinda no Líbano (Divulgação)

Segundo os organizadores do show, entre os motivos para a proibição estão “adoração ao diabo”, “insulto ao Cristianismo”, “apoio a Israel” (por causa do clipe de Territory, que foi filmado filmado tanto em Israel quanto na Palestina ) e por ter estado recentemente em solo israelita. De acordo com a lei do Líbano, pessoas com carimbos israelenses no passaporte não terão sua entrada permitida no país.

Em comunicado oficial, a organização do evento confirmou que o Sepultura nunca tocou em Israel e ainda negou as acusações de que seus integrantes “insultaram o Cristianismo”. “Na verdade, o vocalista da banda compartilhou fotos da Catedral de St. George em Lviv – Ucrânia na sua conta pessoal do Instagram há alguns dias. Deve-se notar que o ícone de Saint Charbel aparece na foto”, diz um trecho do comunicado.

Por Fim, mas não menos importante

Agora que já tá ligado nos rolês que andam agitando o meio musical, que tal compartilhar esse baita conhecimento com a galera? Para isso, basta espalhar o link deste post aí nas suas redes sociais! Com o seu help, a boa música é capaz de rodar os quatro cantos do mundo 🙂

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK