Queima do Alho

Brenno Reis & Marco Viola

Composição: BRENNO REIS / MARCO VIOLA
Tom: E
Solo

 E7             A         B7            E
Tão querendo derrubar a minha fama na praça
 E7               A              B7          E
Tão querendo me queimar, mas só ficam na fumaça
 F#                                           B7
Tão querendo o meu couro pra cozinhar com cachaça
 E                                          B7
Sou um caboclo perigoso, o meu couro é venenoso
                     E B7 E
E é grudado na carcaça.

Solo

 E7                A        B7          E
Tão querendo me ensinar a tocar minha viola
 E7               A             B7            E
Dizem que são professor, e a carreira não decola
 F#                                 B7
Minha viola é a jato e a jato não atola
 E                                        B7
Com poucos de estrada, já é marca registrada
                        E B7 E
Brenno Reis e Marco Viola.

Solo

 E7           A         B7           E
Minha fama começou na capital do estado
 E7               A      B7          E
Já cantei lá em Barretos no rodeio afamado
 F#                                          B7
Eu já surrei com dez cordas, violeiro despeitado
 E                                         B7
Amigo Milton Colengui, hoje aqui a terra treme
                        E B7 E
Cheguei na queima do alho.

Solo

 E7                    A           B7            E
Cheguei na queima do alho o povo estava me esperando
 E7             A      B7            E
As menininhas dizendo Toca o Piracicabano
 F#                                          B7
O povo batendo palma, vendo meus dedos ponteando
 E                                            B7
Ao clube os independentes, Vai esse pagode quente
                     E B7 E
Dos violeiros Cuiabanos.
Página 1 / 1

Letras e título
Acordes e artista

resetar configurações
OK