Cifra Club

Uma Corda

Bruno Eduardo

Ainda não temos a cifra desta música.

Me sinto esquisito, já não sei no que acredito,
Sei lá, se pá meu espírito ta em um conflito,
Conflito diário, o mal guerreia contra o bem,
Nesse caso, não conto com a ajuda de ninguém/
Eu não sei, algo ruim fica me perturbando,
Todos os meus erros, fica me relembrando,
Me acusando de tanta coisa, sé louco...
Na moral, todo dia mano, é mó sufoco.../
Irmão,você sabe, que uma hora tudo cansa...
E sei também que em paz o morto descansa...
Minha mente balança, queria ser uma criança,
Com inocência e ser cheio de esperança.../
Mas nas andanças, descobri que não é assim,
O tempo de criança já passou, teve um fim,
Já fiz pessoas sofrer, pessoas de mais neguin,
E hoje em dia, ninguém olha mais por mim.../
Quantas neuroses me vem nesse instante,
Lágrimas ao rever fotos na estante,
Na foto to sorrindo, no momento chorando,
Na moral mano, não to mais aguentando,/
Na dá pá viver na deprê, na moral, ta foda...
Achei a solução mano, achei uma corda,
Eu sinto, que finalmente chegou minha hora,
Meu corpo aqui fica, minha alma vai embora,/

Vai embora mano, vai habitar o além,
Lá aonde sofrimento se pá não tem,
Sei que alguns irão chorar com saudades,
E outros vão rir na maior felicidade/
Chego o momento, to preparado irmão,
Subo na cadeira e laço meu pescoço,
Pulei, mas não quis por os pés no chão,
Fui apenas mais um, que se mato por desgosto!/

Na moral mano, não precisa chorar...
Pense que estou agora no melhor lugar,
Aqui tem paz, aqui não tem guerra,
Estou a sete palmos abaixo da terra. X2

Composição de Bruno Eduardo
Colaboração e revisão:
  • sarah b.

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK