Cifra Club

Aprenda

Apanhei-te, Cavaquinho! - Versão 3

Ernesto Nazareth

Ainda não temos a cifra desta música.

Com esse chorinho, o "Apanhei-te, Cavaquinho",
Meu piano tão certinho vai seguindo seu caminho
E a viola na calçada vai ficando encabulada,
Vai tentando, vai tocando, mas tão longe do chorinho.
E sendo assim eu vou tocando à minha moda,
Nem te ligo, não dou bola, nem escuto essa viola.
Vou seguindo em desparada nessa noite enluarada
Preparei-te uma surpresa e apanhei-te cavaquinho!
Um choro que cantava só saudades, tristezas, temores,
Hoje não sabe o que é viver a vida, esqueceu-se dos amores,
Eu acho graça ao ver alguém lá fora, sofrer e a chorar
Hoje nada ele consegue, nem sequer me acompanhar
E o meu chorinho vai seguindo seu caminho,
Caminhando de mansinho, o "Apanhei-te, Cavaquinho".
E o piano ele é sabido, e o piano é meu amigo,
Mais esperto, inteligente, que qualquer violãozinho.
E sendo assim eu vou tocando à minha moda
Nem te ligo não dou bola, nem escuto essa viola
Vou andando desparado, vou na frente e sozinho,
Desta vez eu te apanhei mas apanhei-te, cavaquinho!
Anda depressa pode ser que me apanhe
E que ainda me acompanhe
Nessa dança que eu marco o passo,
E que vou variando o compasso
E copiando ele quer ver como é que eu faço,
Vai tentando aprender
Como tocar um bom chorinho
Mas te apanhei, meu cavaquinho.
E o meu chorinho vai seguindo seu caminho,
Caminhando de mansinho, o "Apanhei-te, Cavaquinho",
Vai andando desparado, vai na frente vai sozinho,
Desta vez eu te apanhei mas apanhei-te, cavaquinho!

Compositor não encontrado.
Colaboração e revisão:
  • Camila

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK