Nova Sorte

Filipe Ret

tom: Am
Am
Já era, roubei a faca e o queijo
F
Quanto mais eles falam, foda-se, mais eu cresço
Dm
Podres de espírito descem
Am
Enquanto eles se empobrecem, mais eu me enriqueço

Am
Não, não há caminho, parceiro
F
Pegue sua faca e abra a mata do seu jeito
Dm
Não pensa muito não, senão cê pára
Am
R.e.t e tudubom, filhão, ninguém separa

Am
Baile do sal, na moral, segue normal
F
Sagacidade total, de snap back
Dm
Com ret na boca, o marginal
Am
Metade intelectual, a outra pivete

Am
Me ache comédia, o que for
F
Se nunca vai entender um milésimo do queu sou
Dm
Num vou recuar, meu pensamento é meu lar
Am
Cê precisa ser no mínimo deus pra me julgar

Am
Não sou distraído, mas
F
Simplesmente sou atraído por algo que não te atrai
Dm
Vou fumar um do bom pra contemplar
Am
O mar virando sertão e o sertão virando mar

Am
Tirei o dia pra zuar
F
Me entorpecer, viajar
Dm
Só pensar em você
Am
Eu amo minha vida

Am
Uô... só pra zuar
F
Me entorpecer, viajar
Dm               Am
Iêeeaahhhh

Am
Também sou peso, também sou agonia
F
Harmonia e ritmo aceso
Dm
O vazio é indigesto
Am
Mas subverto com a minha alegria

Am
Quando teu sacrifício te alimenta
F
Nem tenta, ninguém mais pode te parar
Dm
Aceitar é sobreviver
Am
Viver não... viver é a arte de se vingar

Am
Música rústica, chutando os bucha
F
Perderam a lâmpada, já soltaram a bruxa
Dm
Meu flow te assusta, não tenta, rapaz
Am
A crise me alimenta, a paz me dá angústia

Am
Minha loucura é a realidade
F
Evito depender até da felicidade
Dm
Sons nascem do caos
Am
Somos bons por maldade, eles maus por ingenuidade

Am
Sem apego a qualquer espécie de
F
Doutrina, substância o que for
Dm
R.e.t. foi quem te desarmou
Am
Se eu te surpreendi... cê me subestimou

Am
Tirei o dia pra zuar
F
Me entorpecer, viajar
Dm
Só pensar em você
Am
Eu amo minha vida

Am
Uô... só pra zuar
F
Me entorpecer, viajar
Dm            Am
Iêeeaahhhh
Página 1 / 1

Letras e título
Acordes e artista

resetar configurações
OK