Cifra Club

Aprenda

Lucky

Fish

Sortudo

Ainda não temos a cifra desta música.

He met the world as a Dalkeith boy
Raised from a shaft at Monktonhall
In a well oiled cage
That locked away his dreams
An '85 veteran face from the gallery
A ghost from the civil war in the family
He stood his ground on the picketline
'Til all that he was left with
Were his father's cough
And his mother's eyes
That would hold a tear
For the very first time
When the government took his job away
Now fist in hand he'll stand in line
Declare his name and mark his time
To some the only proof that they're alive

He could have been you
He could have been me
He could have been anybody
But he was born lucky

He made his first down payment
On a sharp italian suit
He sewed razor blades into the lapels
See him sweating on the dance floor
Cool dust oozing out of every pore
A hard man with a hard life
And that's a story that he'll tell you
Down at easter road till his throat is raw
On a saturday, he knows the score
Till the whistle blows and
The colours with their tempers fade away

He could have been you
He could have been me
He could have been anybody
But he was born lucky

On the helipads at aberdeen
Bound for platforms drilling oil rich seas
Where the trawlers are getting fewer every year
By the furnaces at ravens craig
By the padlocks holding John Brown's gates
In the desert, in the fields of south Armagh
Where the poppies grow
Behind the hampden roar
Behind the drums in Genoa
On the deck that rides a south atlantic swell
Born to figh tout of the tightest corner
You can bet on him with the odds against you
They'll not put him down

Ele encontrou o mundo como um garoto Dalkeith
Levantado para o eixo no Monktonhall
Em uma gaiola bem oleada
Está trancado em seus sonhos
Uma face de um veterano '85 da galeria
Um fantasma de uma guerra civil na família
Ele ficou em seu campo na linha da bandeira
Até que todos que ele foi deixado
Estava com a tosse de seu pai
E com os olhos da mãe dele
Que gostaria manter uma lágrima
Para todas as primeiras vezes
Quando o governo tomou o seu trabalho longe
Agora o punho da mão dele ficará na linha
Declare o seu nome e marque o seu tempo
Para alguns a única prova que eles estão vivos

Ele poderia ter sido você
Ele poderia ter sido eu
Ele poderia ter sido alguém
Mas ele nasceu sortudo

Ele fez seu primeiro pagamento
Em um forte terno italiano
Ele costurou laminas de barbear sobre papeis
Vê-lo suando na pista de dança
Poeira fria escorrendo por todos os poros
Um homem difícil com uma vida difícil
E aquela é uma história que ele vai te contar a você
Abaixo da esperada rota até a garganta é cru
No sábado, ele conheceu a pontuação
Até o sopro de apito e
As cores com seus temperamentos desaparecerem

Ele poderia ter sido você
Ele poderia ter sido eu
Ele poderia ter sido alguém
Mas ele nasceu sortudo

Nos heliportos de nos melhores lugares
Com destino a plataformas de perfuração de mares ricas em petróleo
Onde os arrastões estão recebendo menos todo o ano
Nos fornos do adoravél inferno
Pelos cadeados que prendem os portões de John Brown
No deserto, nas áreas do Armagh do sul
Onde as papoulas nasce
Atrás do rugio
Por trás dos tambores em Génova
No convés esse passeio que incham no sul atlântico
Nasceu para combater o apertado canto
Você pode apostar com ele as chances contra você
Eles não irão colocar ele para baixo

Composição de Derek William Dick/Mickey Simmonds/Robin Boult
Colaboração e revisão:
  • Ronaldo porto
  • Samuel Cruz

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK