Versos Íntimos

Gustavo Magno

Composição de: Augusto Dos Anjos / Carlos Aranha / Gustavo Magno
tom: G
[Intro] F#m  F#m  Dm6  C#7/13b  C#7

F#m                B7/13       A7            G7/5-   
Vês, ninguém assistiu ao formidável  enterro 
F#7/13-       Bm               Bm7+
       de tua última quimera
                 A#m5-
Somente a ingratidão, esta pantera
D6               C#7          F#m
  Foi tua companheira inseparável
                             B7/13
Acostuma-te a lama que te espera
F#m                             B7  Bbº
   O homem que nesta terra miserá---vel

Mora entre feras sente inevitável
                          F#m  Fsus4  Esus4  A
Necessidade de também ser fera
           E7       G#º        A9
Toma um fósforo, acende teu cigarro
           G#º       E7           A9
O beijo, amigo, é a véspera do escarro
           G#º               G6/9   Fsus4
A mão que afaga é mesma que apedreja
        E7              G#º        A9
Se a alguém 'inda causa pena a tua chaga
      G#º         E7          A9
Apedreja essa mão vil que te afaga
      G#º                 F#m    
E escarra nessa boca que te beija
Página 1 / 1

Letras e título
Acordes e artista

resetar configurações
OK