Estropício

Itamar Assumpção

tom: F
Dm                          Gm
Quando já é madrugada mexe o trinco da porta
         C7                 F
Eu dormindo sossegado e você chegando torta
         A                  Dm
Penso ser troço mandado pois a coisa anda solta
              Bb  A
Desmilingüida na escada você parecia outra

Dm                               Gm
Estava doida varrida farrapo trapo danada
        C7                   F
Esparramada caída tendo que ser carregada
              A                  Dm
O que que faço com isso perguntava enquanto olhava
         Bb   A
Para você Estropício que gemia delirava

Dm                             Gm
De palhaçada já chega muito à troco de nada
                      C7                 F
Sou eu quem segura as bombas quando você xinga os guardas
            A                      Dm
Amanhece com ressaca não consegue abrir as pálpebras
             Bb   A
Umas nas outras coladas parecendo que tá morta

Dm                               Gm
Passou da medica chega transbordou o copo d'água
                   C7                 F
Pra que que quero quem chega quando já é madrugada
        A                   Dm
Acordando o mundo inteiro vomitando na calçada
              Bb  A               Dm
Pra que quero quem chega e já não presta pra nada
Página 1 / 1

Letras e título
Acordes e artista

resetar configurações
OK