Cifra Club

Blackbirds

Linkin Park

Pássaros Negros

Letra

(Mike Shinoda)
Drop that get up
Take to the streets
Better lock that kid up
Face full of teeth when he hock that spit up
Pacing the beat like a beast
Rocking the block on repeat
Speak from the cut like a rush of blood
Paint red on the sleeves of the ones you love
Lay the sick ones down and the bells will ring
Put pennies on the eyes let the dead men sing.

(Chester Bennington)
I shiver and shake through warm and cold
I'm alone
On my own
In every mistake I dig this hole through my skin
And bones

It's harder starting over
Than never to have changed

(Refrão)
With blackbirds following me
I'm digging out my grave
They close in, swallowing me
The pain, it comes in waves
I'm getting back what I gave

I sweat through the sheet as daylight fades
As I waste
Away
It traps me inside mistakes I made
That's the price
I pay

It's harder starting over
Than never to have changed

With blackbirds following me
I'm digging out my grave
They close in, swallowing me
The pain, it comes in waves
I'm getting back what I gave

(Mike Shinoda)
I drop to the floor like I did before
Stop watching, I'm coughing, I can't be more
What I want and what I need are a constant war
Like a well full of poison, a rotten core
The blood goes thin, the fever stings
And I shake from the hell that the habits bring
Lay the sick ones down thhe bells will ring
Put pennies on their eyes, let the dead men sing

(Refrão)
Blackbirds following me
I'm digging out my grave
They close in, swallowing me
The pain, it comes in waves
I'm getting back what I gave

I'm getting back what I gave

(Mike Shinoda)
Largue isso / Levante-se
Vá para as ruas
Melhor bloqueio que uma criança
Cara cheia de dentes, quando ele dá aquela cuspida
Estimulando a batida como uma besta
Balançando o bloco na repetição
Falar de corte como uma corrida de sangue
Tinta vermelha nas mangas das pessoas que você ama
Coloque os doentes para baixo e os sinos tocam
Coloque moedas sobre os olhos deixe os mortos cantarem

(Chester Bennington)
Eu me arrepio e tremo pelo calor e frio
Estou sozinho
Comigo mesmo
Em cada erro eu cavo esse buraco através da minha pele
E ossos

É mais difícil recomeçar
Do que nunca ter mudado

(Refrão)
Com pássaros negros me seguindo
Eu estou cavando minha própria cova
Eles se aproximam, me puxando
A dor, ela vem em ondas
Estou recebendo de volta o que eu dei

Eu suo através dos lençóis como a luz do dia que vai se apagando
Tanto quanto eu
Desperdicei
Isto me pegou por dentro dos erros que fiz
Esse é o preço que
Eu pago

É mais difícil recomeçar
Do que nunca ter mudado

Com pássaros negros me seguindo
Eu estou cavando minha própria cova
Eles se aproximam, me puxando
A dor, ela vem em ondas
Estou recebendo de volta o que eu dei

(Mike Shinoda)
Eu caio no chão como eu fazia antes
Pare de ficar olhando, Estou tossindo, Eu não posso estar mais assim
O que eu quero e o que eu preciso estão em guerra constante
Como um poço cheio de veneno, um caroço podre
O sangue flui estreito, o ardor da febre
E eu tremo pelo inferno que traz este hábito
Coloque os doentes para baixo e os sinos tocam
Coloque moedas sobre os olhos deixe os mortos cantarem

(Refrão)
Pássaros negros me seguindo
Eu estou cavando minha própria cova
Eles se aproximam, me tragando
A dor, ela chega em ondas
Estou recebendo de volta o que eu dei

Estou recebendo de volta o que eu dei

0 comentários

    mostrar mais comentários
    00:00 / 00:00
    outros vídeos desta música
    repetirqualidadeautomática
    Outro vídeos desta música
      00:00 / 00:00
      automática
      OK