Cifra Club

Moço Domero e Moça Bonita

Marcelo Oliveira

Cifra: Principal (violão e guitarra)
Tom: F#m
[Intro] A  E  A  E

A                 E
O meu pai moço domero
                  A
Minha mãe moça bonita
                   E
Papai de bombacha larga
                  A
Mamãe vestido de chita.
                      E
Meu pai galopeava um potro
                 A
Na volta do corredor
                    E
Minha mãe estendia roupa
                  A
Na praia do quarador
                    Dm
Minha mãe abana um pano
                     Am
E assusta o potro do pai
                         E
Que perde a doma e se arrasta
                  A
E corcoveando se vai
            E                     A
Se vai, se vai, e corcoveando se vai

( A E A E )

A                  E
Mamãe atiça os cachorro
                       A
Pede a Deus livrá o perigo
                     E
E da um grito lá do tanque
                       A
Não cai que eu caso contigo!
                      E
Meu pai floreando os ferro
                     A
Por onde o garrão alcança
                   E
Mandava dizer pro vô
                       A
Domingo eu trago as aliança
                      D
Minha mãe correu nas casa
                    A
Contar que tinha noivado
                       E
Minha vó perguntou pra ela
                    A
Se era o moço do bragado
              E                           A
Não cai, não cai, não cai que eu caso contigo
              E                   A
Não cai, não cai, é o moço do bragado

( A  E  A  E )

                      E
Este mesmo minha mãe disse
                   A
Pra mim não existe outro
                    E
Meu pai cruzava de volta
                         A
Tapeando e assoprando o potro
                       E
Minha mãe correu na janela
                     A
Mandou o santo sem alarde
                         E
Larga esse e encilha um manso
               A
E vem toma um mate mais tarde.
                       D
O meu pai chegou na estância
                  A
Só pensando no namoro
                     E
Deixou o bragado na soga
                       A
E aperto as garra num mouro
              E                  A
Meu pai, meu pai só pensando no namoro
                     E                          A
Deixou o bragado na soga e aperto as garra num moro

( A E A E )

                       E
Deu de volta ao trote largo
                      A
Trinando espora e barbela
                     E
Minha mãe cevava um mate
                    A
Com o coração na cancela
                    E
Chegou um homem d'acavalo!
                    A
Disse o vô lá do galpão
                    E
Permisso! Disse meu pai
                        A
Que apeou de chapéu na mão
                    Dm
Quero casá com sua filha!
                   Am
Meu pai disse de vereda
                     E
Minha mãe trocou de ponta
                  A
Com olhos de labareda.
              E                      A
Meu pai, meu pai, meu pai disse de vereda
                    E                      A
Quero casá com sua filha com olhos de labareda

( A E A E )

                   E
Meu avô todo arrepiado
                   A
Achou falta de respeito
                       E
E antes que minha vó chegasse
                      A
Minha mãe disse: Eu aceito!
                      E
Nem que meu vô não quisesse
                       A
Ou que minha vó fosse contra
                     E
Minha mãe por ser baguala
                        A
Disse: Vamo que eu to pronta!
                   Dm
Meu avô puxou dum trinta
                     Am
Minha vó disse uns desaforo
                      E
O meu pai saltou pra fora
                          A
E a mãe foi "desmaniá" o mouro
              E                           A
E a mãe, e a mãe, e a mãe foi desmaniá o moro
                    E                         A
Meu avô puxou dum trinta e a vó disse uns desforo

( A E A E )

                         E
Disse meu pai pra minha mãe
                    A
Aperta a cincha num upa!
                       E
Que eu só vou me despedir
                   A
E já te ergo na garupa
                   E
Outra hora tu da tchau!
                         A
Disse minha mãe pro meu pai
                    E
Vamo embora que ta tarde
                         A
Ou daqui a pouco nem tu vai
                      Dm
Meu avô deu uns três tiro
                        Am
Minha vó se assustou e caiu
                   E
Foi uma baita escaramuça
                     A
E a mãe com o pai fugiu
              E                        A
E a mãe, e a mãe, e a mãe com o pai fugiu

                  D
Assim deu esse romance
                    A
Pouco disso se acredita
                  E
O meu pai moço domero
                  A
Minha mãe moça bonita
                   E
Papai de bombacha larga,
                  A
Mamãe vestido de chita
            E                    A
Se vai, se vai e corcoveando se vai
              E
Não cai, não cai
D   C#m   Bm     A
É o moço do bragado
exibições 735
Acordes para:
    Composição: Cristian Camargo / Rogerio Villagran Colaboração e revisão:
    • Marcio Silva

    0 comentários

    mostrar mais comentários

    Conseguiu tocar?

    0 tocaram 0 ainda não

    Grave um vídeo tocando Moço Domero e Moça Bonita e mande pra gente!

    00:00 / 00:00
    outros vídeos desta música
    repetir qualidade Automático
    Outros vídeos desta música
    00:00 / 00:00
    Automático
    OK