Enviar cifraEntrar

Death Is Not The End

Metallica

A morte não é o Fim

Letra

Man in black comes around
Blacks the light
Blacks the sound
Fear the thought of it never ever coming back
Leave the shift to the round

Open up your gate
Spirit dilate
Watch the falling sand
Shifting through his hand
Open up your gate
Spirit dilate
Whisper to your friends
Death is not the end!

Not the end
Not the end
Its the beginning
It's a

Paid my dues in the cell
Be the toll of the bell
Dearly beloved
We gathered here today
To say goodbye to our old selves

Open up your gate
Spirit dilate
Watch the falling sand
Slipping through his hand
Open up your gate
Spirit dilate
Go tell all your friends
Death is not the end!

Not the end
Not the end
Its the beginning

I've been a rambler, the light changes me
I've been a rambler, the light sets me free

Sets me free

Yeah!

I've been a rambler the light sets me free
I've been a gambler the light sets me free

Sets me free

Haha!

Man in black comes around
Blacks the light
Blacks the sound
Dearly beloved
We gathered here today
To say goodbye to our old selves

Open up your gate
Spirit dilate
Watch the falling sand
Slipping through his hand
Open up your gate
Spirit dilate
Go tell all your friend
Death is not the end!

Not the end
Not the end
Its the beginning

Death is not the end!

Homem de preto anda ao redor
De Preto à luz
De preto no som
Temer o pensamento de que nunca mais voltarão
Deixe a passagem à redonda
Abra seu portão
Espirito diverso
Assistir a queda de areia
Escorregando sobre sua mão
Abra seu portão
Espírito dialeto
Espalhe para seus amigos
A Morte não é o fim!
Não é o fim
Não é o fim
É o começo
é?
Pago minhas dívidas na cela
Seja o toque da campainha
Caro amado
Estamos aqui reunídos hoje
Para dizer adeus ao nosso velho rei
abra seu portão
Espirito diverso
Assistir a queda de areia
Escorregando sobre sua mão
Abra seu portão
Espírito dialeto
Vá falar a todos seus amigos
Morte não é o fim
Não é o fim
Não é o fim
É o começo
Eu era um rebelde, a luz me mudou
Eu era um rebelde, a luz me mudou
Me deixe ser livre
* Solo de Guitarra*
Sim!
Eu era um rebelde, a luz me mudou
Eu era um rebelde, a luz me mudou
Me Deixe ser livre
Haha!
Homem de preto anda ao redor
De Preto à luz
De preto no som
Caro amado
Estamos aqui reunídos hoje
Para dizer adeus ao nosso velho rei
abra seu portão
Espirito diverso
Assistir a queda de areia
Escorregando sobre sua mão
Abra seu portão
Espírito dialeto
Vá falar a todos seus amigos
Morte não é o fim
Não é o fim
Não é o fim
É o começo!
A morte não é o fim!

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
    Colaboração e revisão:
    • Vivian Oliveira
    • Nicolau Francisco

    0 comentários

      mostrar mais comentários
      00:00 / 00:00
      outros vídeos desta música
      repetirqualidadeautomática
      • automática
      Outro vídeos desta música
        00:00 / 00:00
        automática
        • automática
        Acordes para:violão e guitarra
        dificuldadeexibiçõescontribuições
        1 versão de Tab de baixoexibiçõescontribuições
        fecharplay/pause subir/descer velocidade
        fechar
        OK