Cifra Club

Aprenda

Dois Sorrisos

Móveis Coloniais de Acaju

Letra

As quatro estrelas do meu céu são suas
E os oito postes da avenida são meus
E se você quisesse todos eles, te dava
Lembra, minha luz, foi você quem me deu

As sete cartas do tarô são suas
E os dez destinos mais prováveis são meus
Se você pedisse para abrir um caminho
Esse iria dar na nossa casa, meu bem

As trinta e uma rosas do jardim são suas
E há somente um cravo, que é meu
E se você quisesse um arranjo ou um buquê
Minha querida, o cravo era

Seu sorriso é o que preciso
E quanto ao resto, eu juro, tanto faz
Sua ausência me condena à dor

As nove luas sobre o mar são suas
E o escuro embaixo dos seus pés é meu
Mas se você quisesse a vida um pouco mais clara
Por você, querida, roubo os raios de Zeus

As mil e uma noites que virão são suas
E meu, só um minuto antes do Sol nascer
Mas se você pedisse uma fração da eternidade
Eu me virava, e o tempo era

Seu sorriso é o que eu preciso
Pra abraçar o mundo e muito mais
Sua ausência me condena à dor da saudade

Você me completa, amor
E sabe que meu sonho só é um sonho porque
Você me completa, amor
Meu sonho só é um sonho porque
Você está nele

Seu sorriso é o que preciso
E quanto ao resto, eu juro, tanto faz
Seu sorriso é o que eu preciso
Pra abraçar o mundo e muito mais

Seu sorriso é o que eu preciso
Pra apagar a dor
Da saudade!

Composição de Ofugi/Leoni/Paulo Rogério/Coaracy/André Gonzales/Bruno César Pino/Esdras Nogueira/Eduardo Borém/Fabio Pedroza/Xande Bursztyn/Beto Mejia
Colaboração e revisão:
  • Julio Oliveira
  • lais brandão

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK