Cifra Club

Aprenda

Séra Que Eu Existo

Mr. Gyn

Ainda não temos a cifra desta música.

Quando criança minha mãe dizia
Olha menino tu não é minha cria menino feio
Cresci um pouco e fui morar com meu avô
Já não agüentava mais o calor tirando o leite e
rachando lenha

Com muito custo juntei um dinheiro pra ir pra cidade
Meu avô olha só que maldade
Meu avô me roubou e me disse
Que ainda tenho que sorrir e fazer de conta que eu
existo

Desesperado quebrado bêbado fugi pra cidade
Sem um centavo sem saber de nada apanhei de verdade
Ai então arrumei um emprego num supermercado
Trabalhava feito um condenado
Ganhava dinheiro e sonhava de mais demais demais
Até que um dia a filha do dono olhou pro meu lado
Não agüentei e provei do pecado
Perdi meu emprego e apanhei outra vez

Tenho que sorrir e fazer de conta que eu existo
Tenho que sorrir e fazer de conta

Prá ser sincero já nem sabia mais o que ele ia ser
Ser um malandro tava tão difícil não era viver
Ao mesmo tempo já tava cansado de tanto azar
Suspirei e parei de chorar e falei pra mim mesmo

Tenho que sorrir e fazer de conta que eu existo
Tenho que sorrir e fazer de conta...

Compositor não encontrado.
Colaboração e revisão:
  • Fábio gomes

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK