Cifra Club

I Hope You Rot

Parkway Drive

Eu Espero Que Você Apodreça

Ainda não temos a cifra desta música.

From crooked faith, the darkness flows
From hallowed halls, through broken homes
To prey upon the weakest lamb
The cruelest heart is truly
Man

And when the judgment came, they told us: Turn away
As their laughter whipped the halls like cracking bones
Small words and hollow gestures, the rats are closing ranks
They paint themselves as angels, oh so wrong

Libera nos
Libera nos
Deliver us from the blackest of mass
Libera nos
Libera nos
Deliver us justice for the lost

Straight down
I see their wings are burning
But it's a shallow fall
Straight down
I see their wings are burning
There are no halos to be found

So save your breath

Nothing here is sacred, nothing is divine
If heaven's gates are open, then I think I'll wait in line
Nothing here is holy when every faith is blind
So save your breath, I don't need more excuses

Libera nos
Libera nos
Deliver us from the blackest of mass
Libera nos
Libera nos
Deliver us justice for the lost

But it's a shallow fall
It's a shallow fall

Straight down
I see their wings are burning
But it's a shallow fall
Straight down
I see their wings are burning
There are no halos to be found

I'll never see through the eyes of your lord
But I have seen through the eyes of a child

I hope you rot

Straight down
I see their wings are burning
But it's a shallow fall
Straight down
I see their wings are burning
There are no halos to be found

From crooked faith, the darkness flows
From hallowed halls, through broken homes
To prey upon the weakest lamb
The cruelest heart is truly
Man

De fé tortuosa, a escuridão flui
De salões sagrados, por lares desfeitos
Para atacar o cordeiro mais fraco
O coração mais cruel é verdadeiramente
Homem

E quando o julgamento veio, eles nos disseram: vire-se
Como o riso deles chicoteou os corredores como ossos quebrando
Pequenas palavras e gestos vazios, os ratos estão fechando fileiras
Eles se pintam como anjos, oh tão errado

Libera nos
Libera nos
Livra-nos do mais negro da massa
Libera nos
Libera nos
Entregue-nos justiça pelos perdidos

Diretamente para baixo
Eu vejo suas asas queimando
Mas é uma queda superficial
Diretamente para baixo
Eu vejo suas asas queimando
Não há halos a serem encontrados

Então prenda sua respiração

Nada aqui é sagrado, nada é divino
Se os portões do céu estão abertos, então eu acho que vou esperar na fila
Nada aqui é sagrado quando toda fé é cega
Então poupe seu fôlego, não preciso de mais desculpas

Libera nos
Libera nos
Livra-nos do mais negro da massa
Libera nos
Libera nos
Entregue-nos a justiça pelos perdidos

Mas é uma queda superficial
É uma queda rasa

Diretamente para baixo
Eu vejo suas asas queimando
Mas é uma queda superficial
Diretamente para baixo
Eu vejo suas asas queimando
Não há halos a serem encontrados

Eu nunca verei através dos olhos do seu senhor
Mas eu vi através dos olhos de uma criança

Eu espero que você apodreça

Diretamente para baixo
Eu vejo suas asas queimando
Mas é uma queda superficial
Diretamente para baixo
Eu vejo suas asas queimando
Não há halos a serem encontrados

De fé tortuosa, a escuridão flui
De salões sagrados, por lares desfeitos
Para atacar o cordeiro mais fraco
O coração mais cruel é verdadeiramente
Homem

Colaboração e revisão:
  • Amanda Silva
  • Assuero Magno

0 comentários

mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK