Cifra Club

Aprenda

Baile da Encruzilhada

Porca Véia

Letra

Fui convidado prum baile
No chico da encruzilhada
Arriei meu cavalo preto
De pura marcha troteada
Eu já estou acostumado
Dou dois tiros na chegada
Apeio e amarro o preto
E vou pagar a minha entrada

Entrei na sala de baile
Já vi uma linda morena
Ela estava sorrindo
C’os lábios cor de açucena
Ouvi ela estar dizendo
Prá uma outra pequena
Este gaúcho é disposto
E me agrada o seu sistema

Num canto tava o gaiteiro
Já começando a tocar
Olhei prá moreninha
Já veio me convidar
Um qüera se incomodou
Começou a falar
E isso e desaforo
E eu não costumo aguentar

Já ouvi um tinido
Quem nem maio de um ferrero
Gritou o dono da casa
Quem atirou no candieiro
Se querem brigar no escuro
Saiam lá pro terreiro
Não quero dentro de casa
Folia de bagunceiros

Saí pelos escuro
Com a morena no costado
Choveu ponta de faca
De tudo quanto era lado
Arranquei da minha adaga
Já fedeu chifre queimado
Nós fomos neste rolo
Até onde o preto tava amarrado

Já saltei de cavalo
Com a morena nos meu braços
Arranquei do meu schimit
Comecei a dar balaço
Seguimos a galopito
Prá fazenda dos três passos
Eu sou mesmo decidido
E nada difícil eu acho

Composição de Porca Veia
Colaboração e revisão:
  • Pedro Kotz

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
OK