Boneca de Pano

Rolando Boldrin

Composição: Assis Valente
Tom: A
A7          Dm
Boneca, de pano
A7               Dm
Gingando,num cabaré 
D7                          Gm
Poderia ser bonequinha de louça
     A7
Tão moça 
      Dm         ( A7 Dm )
Mas não é
 D                 Bm        F#m  
Um dia alguém a chamou de boneca
G7            Gm          D
E ela sendo mulher acreditou
Gm
O tempo foi se passando
Dm
Ela se desmanchando
Bb                           A
Hoje quem olha pra ela não diz quem é
Gm
Em vez de boneca de louça
Dm
Hoje é boneca de pano
Bb       A        Dm    
De um sombrio cabaré

[Final] Bb  A  Dm
Página 1 / 1

Letras e título
Acordes e artista

resetar configurações
OK