Cifra Club

Aprenda

When We Were Kings

Steel Warrior

Quando Éramos Reis

Letra

Spirits of trees, keepers of the forest
Sweet companies, here in my exile
My lonely whisper, taken by the wind
Signs of my kingdom, far away from me

In the edge of dreams when I'm alone
A past of memories is gone
I live through this pain
Holding on forever
The warrior prays

Cold winds of truth, could I believe you?
I waste my life, bleeding in the sacrifice
Unholy prison, my faith is rusting in this chains
Praying for the fight, and waiting for this day

For all those years I felt the cold
The nights alone so far from home
The day I die again
Holding on forever

Hold the ashes of my life,
saddle horses to the fight
Where the eagles die
When we where kings
Every night after the storm
I see the gods playing in the stars
Shining skies
When we where kings through the times
The voices whispering my name
A king without the heroe's blade

(solo Boon)

The raging winter, it frozed all my tears
In this quiet exile, a heart of ice
Forgive me father,
my future now is in your hands
Try to heal my soul, I'm coming back!

(solo Deny)

Espíritos de árvores, guardiões da floresta
Doces companias, aqui em meu exílio
Meu sussurro sozinho, levado pelo vento
Sinais do meu reino, longe, longe de mim

No precipício dos sonhos, quando estou sozinho
Um passado de memórias se foi
Eu vivo através dessa dor
Guardando para sempre
As rezas dos guerreiros

Ventos gelados da verdade, eu poderia acreditar em vocês?
Eu gastei minha vida, sangrando no sacrifício
Uma prisão não-sagrada, minha fé está enferrujando nestas correntes
Rezando pela luta, e esperando por esse dia

Por todos esses anos eu senti frio
As noites sozinho, tão longe de casa
O dia em que eu morro novamente
Segurando para sempre

Segurando as cinzas da minha vida,
cavalos selados para a batalha
Onde as águias morrem
Quando éramos reis
Toda noite antes da tempestade
Eu via os deuses brincando nas estrelas
Céus brilhantes
Quando éramos reis pelos anos
As vozes sussurrando meu nome
Um rei sem a lâmina do herói

[ solo ]

O inverno raivoso, congelou minhas lágrimas
Neste quieto exílio, um coração de gelo
Perdoe-me, pai,
meu futuro agora está em suas mãos
Tente curar minha alma, eu estou voltando!

Composição de André Fabian
Colaboração e revisão:
  • Fabian Kinder
  • Helena Pavesi

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK