Cifra Club

Aprenda

Where I Thought I Met The Angels

The Tallest Man on Earth

Onde Eu Pensei Que Conheci Os Anjos

Ainda não temos a cifra desta música.

Never once an ocean
Could hold me on its shore
Standing calm with all its motion
With all the movement of its flow
Cause I know way back in the distance
All the safer sorrows burned
The ones with no intent to drown you
The ones where nothin's to be learned

So now I'm headin' down a back road
The one that no one really takes
'Cept for me now to be nowhere
When that early morning breaks

Now I'm dancin' with the mad girls
The ones who sin out by the town
Who were brought up by bell towers
And always nurtured by its sound
I heard them sing out in their language
Already when I was still free
Oh god I thought I heard the angels
What kind of fool'd you put in me?

'Cause now I'm tied up by a back road, y'know
The one that no one really takes
'Cept for me now to be nowhere
When that early morning breaks

They, sure, won't let me leave this summer
No, no, no
And they won't let me go this fall
And with the likelihood of winter
They'll take the heat out of us all
Just to deliver all their daughters
To track down sons of serpent roads
And let me look out over slaughter
To have a night out with the boys

And now I'm takin' off the back road, y'know
The one that no one really takes
'Cept for me now to be nowhere
When that early morning breaks

Nunca, jamais, um oceano
Conseguiu me segurar em seu litoral
Permanecendo calmo com todo seu movimento
Com todo a movimentação de seu curso
Pois eu sei que no caminho de volta, à distância
Todas as tristezas mais seguras se queimaram
Aquelas sem intenção de te afogar
Aquelas onde nada deve ser aprendido

Então, agora eu estou pegando uma estrada de volta
Na verdade, aquela que ninguém pega
Exceto por eu estar, agora, em lugar nenhum
Quando aquela manhãzinha arrebenta

Agora eu estou dançando com as meninas loucas
Aquelas que pecam ao redor da cidade
Que foram trazidas pelas torres dos sinos
E sempre nutridas pelos seu som
Eu as ouvi cantar em suas línguas
Já, quando eu ainda era livre
Oh Deus, eu pensei que ouvi os anjos
Que tipo de bobo você colocaria em mim?

Pois, agora estou atado por uma estrada de volta, sabe?
Na verdade, aquela que ninguém pega
Exceto por eu estar, agora, em lugar nenhum
Quando aquela manhãzinha arrebenta

Elas, com certeza, não me deixarão partir neste verão
Não, não, não
E elas não me deixarão partir neste outono
E com a probabilidade do inverno
Elas irão tirar o calor de todos nós
Apenas para entregar à todas as suas filhas
Para rastrear as estradas dos filhos da serpente
E me deixar dar uma olhada no massacre
Para ter uma noite fora com os meninos

E agora eu estou desfazendo a estrada de volta, sabe?
Na verdade, aquela que ninguém pega
Exceto por eu estar, agora, em lugar nenhum
Quando aquela manhãzinha arrebenta

Compositor não encontrado.
Colaboração e revisão:
  • Gabrielle
  • Lucca Gabriel

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK