Notificações Amigos pendentes

      Tião Carreiro e Pardinho

      Ditado Sertanejo

      53.376 exibições
      Tom: G
      Intro: G D7 G D7 G D7 G
      
      G                  D7                      G
      No lugar que canta galo, de certo que mora gente
      C                    D7                          G     D7 G
      Que é muito bonito é lindo, que muito feio é indecente
      C                     D7                   G
      A água parada é poço, riacho é agua corrente
                       C  D7                  G     D7 G D7 G D7 G
      Toda briga de muié, o que faz é lingua quente.
      G               D7                        G
      Onde tem moça bonita, de certo que tem namoro
      C                D7                      G   D7 G
      Onde tem muié baixinha, tem relia e desaforo
      C                       D7                    G
      Mistura sogra com nora, pode ver que ali sai choro
                         C     D7                     G    D7 G D7 G D7 G
      Na vila que tem polícia, banho de pau d'água é couro.
      G                D7                      G
      Amor de muié rusguenta, catinga jaraca ataca
      C                 D7                         G    D7 G
      Doença do rico é gripe, doença do pobre é ressaca
      C                      D7                  G
      Dança de rico é baile, dança do pobre é fusaca
                         C   D7                  G   D7 G D7 G D7 G
      O rico educa na escola e o pobre educa no tapa.
      G                       D7                          G
      O que agrada moça é carinho, o que agrada véio é café
      C                D7                       G  D7 G
      O homem que fala fino, não é homem nem muié
      C                       D7                     G
      A muié que fala grosso, ninguem não sabe o que é
                             C   D7                    G  D7 G D7 G D7 G
      O lar que não crê em Deus, quem domina é o Lucifer.
      G                D7                      G
      O que faz sapo pular, tem que ser necessidade
      C                  D7                          G   D7 G
      Pessoas que falam muito, nem todos disse a verdade
      C                                 D7                G
      Com o tempo a flor perde a cor, e nóis perde a mocidade
                         C     D7                 G    D7 G
      O janeiro traz velhice e a velhice traz saudade.

      Comentários 1

      140 .
      • tiaogoncalo tiaogoncalo: Em 28/09/2015 20:16

        Boa noite!!!
        Como faz para corrigir?
        No nono verso, ao invés de "catinga jaraca ataca" o correto é: CATINGA JARATATACA. Catinga, no caso q

      140 cancelar

      conseguiu tocar?

      covers

      Grave um vídeo tocando Ditado Sertanejo e mande pra gente!

      Ex.: http://www.youtube.com/watch?v=0IvSvIwGdwk
      ver covers de outras músicas »
      0:00 / 0:00

      Capítulos

        1 versão de violão dificuldade exibições contribuição e correção
        1 versão de guitarra dificuldade exibições contribuição e correção
        1 versão de cavaco dificuldade exibições contribuição e correção
        1 versão de teclado dificuldade exibições contribuição e correção
        play/pausefechar subir/descer velocidade
        6ª corda E5ª corda A4ª corda D3ª corda G2ª corda B1ª corda E
          acordes
          publicidade
          fechar
          ok