Amálgama

Zé Ramalho

Composição de: Zé Ramalho
tom: Bb
Introd: Dm  Dm7/9  Gm  Dm  D#  Dm7/9  Gm  
           Dm  D#  Dm7/9  Gm  Dm  G#  G  Cm  F  D#  Dm 

Cm            F          D#   Dm
És a fonte maior do meu desejo
Cm           F      D#   Dm
És a única fortaleza mansa
Cm            F     Cm  F
És o algo misterioso vento
D#               Dm         Cm   F   
Cata-ventos que rodam no sertão

Dm              Dm7/9      Gm    Dm  D#
(És o amálgama da minha couraça
                Dm7/9      Gm    Dm  D#
Ventanias que passam no grotão
             Dm7/9     Gm    Dm  
És a música fina da madeira
G#                G         Cm    F  Dm 
Mesmo o cão de cabeças a puxar)            2x

Cm           F       D#   Dm
És a última gota do orvalho
Cm                F          D#    Dm
Do compasso que morde a esperança
Cm             F         Cm   F
És a lâmina quente da madeira
D#              Dm       Cm     F
Lavadeiras que lavam o sertão

Dm              Dm7/9      Gm    Dm  D#
(És a lança no meio do canteiro
                  Dm7/9       Gm    Dm  D#
Companheiros de tudo o que cantou
             Dm7/9         Gm    Dm  
És a lã do camelo e do carneiro
G#               G          Cm    F  Dm
Desde a dor do começo do pomar)          2x
Página 1 / 1

Letras e título
Acordes e artista

resetar configurações
OK