Riozinho Amigo

Lourenço e Lourival

Sem foto do Lourenço e  Lourival Compositor: Jose Fortuna / Carlos César
Tom: C
		
Intro: F  C  G  C

           C             Am         Em
Meu rio pequeno, Braço líquido dos campos
    F         C          Am        G
Rodeado de barrancos, Corroído pelos anos
        C             Am         Em
Vai arrastando, Folhas mortas e saudade
          F              C        G         C
Pôr- do- sol de muitas tardes, Ilusões e desenganos

          Dm      A            Dm
Cruzando vales, chapadões e pantanais
      C        G              F         G
Bebedouro de pardais, Branco espelho de luar
        C             Am         Em
O seu roteiro não tem volta Só tem ida
      F            C        G          C
Pra findar a sua vida, Na amplidão azul do mar

          F          G               C
Riozinho amigo, São iguais as nossas águas
        F                C         Am           G7
Também tenho um rio de mágoas a correr dentro de mim
           F            G          C
Cruzando n'alma campos secos e desertos
      F              C       G           C
Cada vez vendo mais perto, oceano de meu fim

           C       Am             Em
Riozinho amigo, Nasceste junto a colina
        F             C         Am           G
Era um fio d'água de mina, Que cresceu tão lentamente
           C       Am               Em
Margeando matas, ramagens, juncos e flores
    F          C           G              C
Passarinhos multicores, Seguiram vossa corrente

          Dm            A        Dm
Riozinho amigo, Quantas vezes assistiu
  C             G        F                 G7
Acenos de quem partiu, Encontros dos que chegaram
        C           Am            Em
Foi testemunha de muitas juras de amor
           F         C         G        C
Quantas lágrimas de dor, Suas águas carregaram

  C                     Am       Em
Riozinho amigo, Sob a areia do remanso
   F               C          Am        G
Animais em seu descanso, Ali vem matar a sede
      C                 Am        Em
As borboletas em suas margens se amontoam
    F              C       G                 C
E depois alegres voam na amplidão dos campos verdes

           Dm          A     Dm
A brisa encrespa o seu rosto de menino
        C            G        F           G
Como o mais terno e divino, Beijo da mãe natureza
         C            Am       Em
Lindas paisagens, madrugadas coloridas,
    F           C               G       C
Encontros e despedidas, Seguem vossa correnteza.teza.
8.100 exibições

Comentários 1

  • leugomes leugomes: Postado em 06/09/2011 18:10

    que gostoso ouvir isso
    eu tinha 10 anos quando,jorge luiz e fernando
    gravaram essa can;ao
    meu Deus que poema gostoso affff

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente. Contribuição: ZEMIR CARNEIRO Correções: Marcelo , cantorasu e mais 3 »
Exibir acordes »
publicidade
fechar