Metro Linha 743

Raul Seixas

 Raul Seixas
Tom: A
		
Intro: (A G)

A
 Ele ia andando pela rua meio apressado
e nem sabia que estava sendo vigiado
            G
Cheguei prá ele e disse:
Ei amigo, você pode me ceder um cigarro ?
     D 
ele disse:
                                 A 
Eu dou mas vai fumar lá do outro lado
                                 G             A
dois homens fumando juntos pode ser muito arriscado

Disse: O  prato mais caro do melhor banquete
                           G 
é o que se come cabeça de gente que pensa
                                   D
e os canibais de cabeça descobrem aqueles que
                                        A
pensam porque quem pensa, pensa melhor parado
desculpem minha pressa fingindo atrasado
                 B7               
Trabalho em cartório, mas sou escritor
                                    E7
Perdi minha pena nem sei qual foi o mês
  D           A  G A  G A A
Metrô linha 743

O homem apressado me deixou e saiu voando
Aí eu me encostei num poste e fiquei fumando
                G     
Três outros chegaram com pistola na mão
Um gritou: Mão na cabeça malandro,
   D
se não quiser levar chumbo quente nos cornos
A                               G               A   
 Eu disse: Claro, pois não, mas o que é que eu fiz ?
Se é documento eu tenho aqui
                      E7
Outro disse: Não interessa pouco importa
                                 D            A        
Fique aí, eu quero saber o que você estava pensando.
       G
eu avalio o preço me baseando no nível mental
     D                A                            
que você anda por aí usando, aí eu lhe digo o preço
          E7                 A    
que sua cabeça agora está custando

        B7                               
Minha cabeça caída, solta no chão, eu vi meu corpo
     E7
sem ela pela primeira e última vez
  D          A  G A G
metrô linha 743

A
 Jogaram minha cabeça oca no lixo da cozinha
e eu era agora, um cérebro, vivo a vinagrete
   G                          A    
Meu cérebro logo pensou:"que seja mas nunca fui tiete"
   G                                          A
Fui posto à mesa com mais dois que eram três pratos raros
         G            A   D
e foi o maitre que pôs.    Senti horror
                               A
Ser comido com desejo por um senhor alinhado

meu último pedaço, antes de ser engolido
                     G 
ainda pensou grilado "Quem será esse desgraçado
           A
dono dessa zorra toda ?" Já tá tudo armado
O jogo dos caçadores canibais
Mas o negócio aqui tá muito bandeira,
Tá bandeira demais, meu deus.
G
 Cuidado brother, cuidado sábio senhor
D
 Eu aconselho sério prá vocês
      A                 B7
Eu morri e nem sei mesmo qual foi aquele mês
       D          A  G A G A
Ah ! metrô linha 743
165.694 exibições

Comentários 5

  • Eduardo Pauliki Solek Ferreira Eduardo Pauliki Solek Ferreira : Postado em 23/05/2013 13:43

    Grande Mestre Raul !

  • lipedamasceno97 lipedamasceno97: Postado em 14/01/2013 01:28

    é sempre para baixo pramim fico melhor assim
    E x-x-x-x-x-1-4-x-x
    A x-x-x-x-x-x-x-x-x-x
    D x-x-x-x-x-x-x-x-x-x

  • brenowwe brenowwe: Postado em 17/10/2012 13:12

    Qual é a batida?

    • luis henrique luis henrique: Postado em 21/08/2014 11:30

      eu bati so pra baixo :v pra mim fico massa :P

  • el_guirino el_guirino: Postado em 26/09/2011 20:23

    essa musica é excelente para testar o grau de inteligencia das pessoas, se não entender, podemos dizer que é burro.

Composição: Asher Roth / Jerry Knight / Raul Seixas
Esse não é o compositor? Avise-nos.
Exibir acordes »
publicidade
fechar