Nada Vai Mudar

Vozalta

 Vozalta Compositor: Augusto Longatto
Tom: G
		
(intro)


E |----------------------------------------10s12--|
B |----------------------------------------10s12--|
G |-----------------------------------------------|-2x
D |-----------2----------------------2------------|
A |--2-xx-----0-3-2-0-2-0----2-xx----0-xxx--------|
E |--0-xx-3^-------------3-2-0-xx-3^---xxx--------|


(verso)

E |---------------|---------------
B |---------------|---------------
G |---------------|---------------
D |-------------2-|-3x--5-5-5-7-7-
A |--2-2-2-xx---0-|-----3-3-3-5-5-
E |--0-0-0-xx-3^--|---------------


(verso)
Primeiramente  deixa eu me apresentar 
Sou o homem que talvez  se você autorizar 
Vai mudar sua cabeça e o seu jeito de pensar 
       C5                     D5
É só você me dar a mão que eu posso te explicar.

(verso)
Eu posso não ser um cara atraente 
Mas eu sou a pessoa que vai abrir a sua mente
Não há desculpas  nem que esteja doente 
       C5                       D5
Mas ja vou te avisando que eu não sou nenhum vidente...

(verso)
Claramente  que o futuro da terra
Não será diferente do que agente ja espera
E violência é somente o que lidera
      C5                  D5
Nessa porra de lugar vamo esperar a nova era.
      C5                  B5
Nessa porra de lugar vamo esperar...

(refrão)
         E5
As vezes paro pra pensar como é a vida com riquezas 
     B5
Como é ver meu caminho pro futuro com clareza 
    C#5
Mas nada vai mudar
A5
Nada vai mudar

       E5
Como o mundo sem fronteiras seria ideal
   B5
Só loucura  curtição  sem uma lei federal
    C#5
Mas nada vai mudar
A5
Nada vai mudar...

(intro)

Mas que confusão em que eu fui me meter 
Nasci no lugar errado  mas o que posso fazer?
Vamos logo  antes de amanhecer 
Pois logo posso morrer e esse risco vou correr

Ta tudo bem...não é que me trataram mal 
É que sou descendente do patrimônio cultural 
Mas ta tudo em cima...os caras são bem legal...
Eles deixaram eu viver até o meu final.

Agora sim...ta tudo beleza
Vou voltar a trabalhar para pagar as minhas despesas 
Pois eu quero estudar pra ver o mundo com clareza 
Mas eu sou analfabeto  sou mais um  mas que tristeza
Mas eu sou analfabeto  sou mais um...

(refrão)
         E5
As vezes paro pra pensar como é a vida com riquezas 
     B5
Como é ver meu caminho pro futuro com clareza 
    C#5
Mas nada vai mudar
A5
Nada vai mudar

       E5
Como o mundo sem fronteiras seria ideal
   B5
Só loucura  curtição  sem uma lei federal
    C#5
Mas nada vai mudar
A5
Nada vai mudar...

(intro)

(solo*)

E |---------------------------5-8-5---5--------------------------------------8-5---8-5---5s8--8h10--
B |-------------------------8-------8---8-5-8-5---5------------------------------8-----8------------
G |--7-7-7-7-7^-7^-7^-7^------------------------7---7--5-7-5-7^-7^-7^-7^----------------------------
D |-------------------------------------------------------------------------------------------------
A |--5-5-5-5----------------------------------------------------------------------------------------
E |-------------------------------------------------------------------------------------------------



E |--8h10-8h10-8h10-8h10-8h10-8h10-8h10--
B |--------------------------------------
G |--------------------------------------
D |--------------------------------------
A |--------------------------------------
E |--------------------------------------


(intro)

(final) E5  (Palm mute)  A5  G5 (2x)
       E5  E5  E5  A5  G5 (2x)
       E5 (4x)
219 exibições

Comentários 0

Composição: Augusto Longatto
Esse não é o compositor? Avise-nos.
Contribuição: Guto
Consegui tocarAinda não conseguiram tocar essa música. Seja o primeiro!
    Não consegui tocar
    Exibir acordes »
    publicidade
    fechar