Cifra Club

Aprenda

Sol do Sul

Cahique Forte

Letra

Eu ébrio nesse passo rumo a tí
Meu ópio, que me toma sem sentir
Perfume em volteio a enebriar
Uma noite derretida no luar

Um lírio que no campo esparramou
Uma louça que caiu e não quebrou
Semente que floreia no quintal
Uma flor na batalha contra o mal

Estranha que chegou sem me poupar
Nua e dança, alvoroço em meu sonhar
Aconchego de um cantinho prá se amar
Moleca, faz no rosto riso clarear
Sorriso, intenso, imenso mar

Brisa que em meu rosto derreteu
Pingo d'água deglutido como mel
Semblante d'uma esperança azul
Manhã nascida com o sol do sul

Pirâmide que busca o horizonte
Sol que se despede atrás do monte
Enchente que a seca dirimiu
Poeta que sofreu e não sentiu

Composição de Cahique Forte
Colaboração e revisão:
  • Carlos Silva

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK