Cifra Club

Ventos

Acesso Remoto

Letra

Ventos
Letra: Jorge Santos

Tolice você não estar aqui comigo, para aproveitar o melhor do dia
Passos, pegadas, desencontros, e eu a te procurar nessa tarde fria
Cadeiras cativas, pessoas pequenas nos invadem sem saber
Lanças jogadas em vales, sem a menor intenção de deter...

Não tenho culpa de tudo que eu digo
Peço mil desculpas, por tudo o que esta dito
Jurei verdades e não quero ser banido
Soprei mentiras a ventos inimigos

Um dia quero ver, a chuva sussurrar aos meus ouvidos
Vou enxergar o brilho do luar, iluminar, os meus sentidos
Não estou morto, e nem estou vencido, o que me importa é o desabafo
Vivíamos juntos e presos la fora, sem te ver, estou enganado...

Não tenho culpa de tudo que eu digo
Peço mil desculpas, por tudo o que esta dito
Jurei verdades e não quero ser banido
Soprei mentiras a ventos inimigos

Não tenho culpa de tudo que eu digo
Peço mil desculpas, por tudo o que esta dito
Jurei verdades e não quero ser banido
Soprei mentiras a ventos inimigos

Não tenho culpa...
Peço mil desculpas...
Jurei verdades...
Soprei mentiras a ventos inimigos

Composição de Acesso Remoto
Colaboração e revisão:
  • Banda REMOTO

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK