Cifra Club

Aprenda

Sekai de Ichiban Chiisana Umi Yo

Aqua Timez

O Menor Mar do Mundo

Ainda não temos a cifra desta música.

Hikari ni michita ano shibafu de
Ana no aita fuusen wo fukuramase you to hisshi datta
Ki no tooku naru you na sono shizuka na sagyou dake ga
Nigiwai he no teikou datta
Asonde moraenu kodomo wa
tsumasaki wo jitto mitsumeta mama de
Atama de kanashimi wo shori shiyou to suru kedo
Kokoro ga kubi wo yoko ni furu
amedama wo yukkuri ajiwau you ni
Hitori ikiteku nigami wo shiru shikanai

Karada wo furuwase nemuru neko ni wa
nakigoe ni naranu kako ga aru
Wasure kata wo shiranai bokura wa
seowasareta yami
Hikari ni kaete yukeru kanaa

Kakusareta uwabaki mitsukattatte
Kanashimi wa owaranai kara sagasanakatta
Kokoro ga kishimu oto
setsumei shitatte dou se tsutaewaranai kara hanasanakatta
Nando te wo nobashitatte
furimukanu senaka ga aru koto wo shiri
Toki ni mirai ni tsuba wo haku keredo
Hinekureta tokoro de bokura
shosen junsui wo sute kirenai no sa
Dare mo ga shikyuu no nukumori ni kuru mareteta

Susuri naku you na kaze wo bansou ni
ai no uta wo hibikaseta yo
Dareka ni kiite hoshii no ni
Dare ni mo kikoenai koe de
ai no uta wo hibikaseta yo

Kako wa kawarazu mirai wa wakarazu
shigamitsukou to sureba
Fuan ga kibou wo oikakemawasu
Kako wa kawarazu mirai wa wakarazu
shigamitsukou to sureba
Fuan ga kibou wo oikakemawasu

Kurayami no naka tsumetai te suri ni
tsurete ikareru you ni aruita
Nani wo me ga kete susunderu no ka
Wakaranakunatte kizuitara shagamikondeta
Sunao ni ai ga hoshii to ieta nara
kyoei wo haorazu ni sumu no ni…
Sekai de ichiban chiisana umi yo
Anata wa utsukushii anata wa uso wo tsukanu kara

Naquele campo iluminado
Tentava encher um balão que estava furado, desesperadamente
Esse serviço silencioso que deixa um pouco tonto
Era minha resistência a agitação
A criança com quem ninguém brinca
olhando fixamente para as pontas dos dedos dos pés
Tenta lidar com a tristeza racionalmente, porém
O coração balança o pescoço para o lado
como que degustando vagarosamente uma bala
Sozinha Tem que conhecer o gosto amargo de ir vivendo

Para o gato que dorme, tremendo o corpo,
existe um passado que não vira miado
Nós que não sabemos como esquecer,
poderemos transformar em luz
as trevas que somos obrigados a carregar

O uwabaki que foi escondido, mesmo que ache,
Não termina com a tristeza, por isso não procurei
O som do coração partindo,
mesmo que explique, de qualquer jeito não é compreendido, por isso não falei
Não importa quantas vezes estique a mão,
descobri que existem costas que não irão se voltar
Ás vezes cuspo no futuro, porém
A partir do momento em que nós nos revoltamos,
no fim, não conseguimos nos livrar da pureza
Qualquer um estava envolto pelo calor do útero

Acompanhado pelo vento que parece choramingar,
eu toco a música de amor
Eu quero que alguém escute,
mas com uma voz que ninguém consegue escutar,
eu toco a música de amor

O passado não muda, o futuro não se sabe,
quando tento me agarrar
A insegurança ultrapassa a esperança
O passado não muda, o futuro não se sabe,
quando tento me agarrar
A insegurança ultrapassa a esperança

Dentro da escuridão, andei como
se estivesse sendo levado pelo corrimão gelado
Comecei a não saber mais no que estava mirando para prosseguir,
e quando percebi estava agachado
Se pudesse dizer sinceramente que queria amor,
não precisaria me vestir dessas honradas mentiras
Ô menor mar do mundo,
você é lindo, porque você não mente

Colaboração e revisão:
  • Pedro Ferreira
  • Tiali Lopes

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK