Cifra Club

Aprenda

Hyakunen No Ki

Aqua Timez

Dia da Semana

Ainda não temos a cifra desta música.

mou dore kurai no yami wo aruite kita no darou
uzukumatte jounetsu o nan domo tachiagarase
murasaki no sora no shita hyakunen no ki wa tatazumu
anata mo sabishi karou ni watashi wa nan nin me no tabibito desu ka

kinou yori sukoshi dake de ii mashina jibun ni naritai tomogaku
tsunaide kureru teganai no nara sabishi sa o nigiri shimete
isagiyoku hitori aruku, aruku kedo

yasashiku nareru you ni to yowasa o sazukatta hazu ga
yowasa o misenu you ni to tsuyosa o kirihari suru
watashi no hontou to wa watashi no mannaka to wa
tooi (kako) no wasure mono ima nara mani aimasuka

okubyou na katana o furi mawaseba wata no you na yasashi sa ni dakishime rare
amari ni hiroi yurushi no naka de koe o akete nai ta
koko wa sou hyakunen no ki no ashimoto

Back to the start

kesshite hana ya ka na mono dewa nai hito ga mite urayamu koto demo nai
doro o hau you na omoi ni mamire nagara
kinou yori sukoshi dake de ii mashi na jibun ni naritai tomogaku
tsunai de kureru teganai no nara
sabishii to koe ni shite kichi n to ai o hoshi ga rana kya, hoshi ga rana kya

Eu me pergunto quanta escuridão você deve ter atravessado
Fazendo sua paixão caída ficar de pé novamente e novamente
Parada como uma árvore de cem anos sob o céu roxo, você deve ter sido tão solitário
Quantos outros andaram assim antes de mim?

Tentando me tornar uma pessoa melhor do que eu era ontem, eu luto
Mesmo se não houver outra mão para segurar a minha
Eu vou agarrar essa solidão perto do meu coração e continuar andando

Mesmo que eu tenha confiado minhas fraquezas a outras pessoas em um esforço para ser gentil
Eu ainda coloco uma fachada de força para esconder essas fraquezas
Meu verdadeiro eu, meu verdadeiro coração
Foi deixado para trás no passado distante; ainda serei capaz de fazer isso?

Se eu brandir uma espada de covardia, serei capaz de abraçar a bondade tão suave quanto o algodão
Dentro desse perdão abrangente, eu elevo minha voz e choro
Sim, aqui, nas raízes da árvore de cem anos

De volta ao começo

Não é de forma alguma uma coisa brilhante e as pessoas que a veem não serão invejosas
Mas enquanto manchadas pela sujeira e lama
Esses sentimentos e pensamentos, eu tentarei me tornar uma pessoa melhor do que era ontem
Eu luto, não há outra mão para segurar a minha
Então eu transformo esses sentimentos em palavras solitárias; porque eu quero por amor

Colaboração e revisão:
  • Rickynho Lee
  • Simone Damasceno

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
OK