Cifra Club

Aprenda

One: Twentyseven

As Cities Burn

Um: Vinte e Sete

Ainda não temos a cifra desta música.

When will the weak shame the strong
And not collapse into our own arms
When will we raise our flags past half-mast
And not collapse into our own arms
But shame will keep us who we are

Shame is the anchor tied around my ankle
Shame keeps me low and close to the bottom
Where i am the least
At the bottom

Where pride has never been and never will
The swell of my chest
I stand on this
Where pride has never been and never will
The swell of my chest
I call this brave
But how dare i call this love
And not bear my cross to the end

How can i call this love when all that i am
Is because your love endures my back to it
Your love endures my back to it
Your love endures my back to it

Quando o fraco irá envergonhar o forte
E não colidir nos nossos próprios braços
Quando iremos levantar nossas bandeiras a meio palmo
E não colidir nos nossos braços
Mas a vergonha irá manter o que somos

Vergonha é a âncora amarrada em volta do meu tornozelo
Vergonha me mantêm baixo e próximo ao fundo
Onde eu sou o menos:
No fundo.

Onde o orgulho nunca tem sido e nunca será
A inflamação do meu peito
Eu me sustento nisso
Onde o orgulho nunca tem sido e nunca será
A inflamação do meu peito
Eu chamo isso de coragem
Mas como ouso chamar isso de amor
E não aguentar minha cruz até o final?

Como posso chamar isso de amor quando tudo que eu sou
É porque seu amor aguenta minhas costas a isso
Seu amor padece das minhas costas pra isso
Seu amor aguenta minhas costas para isso

Composição de As Cities Burn
Colaboração e revisão:
  • Camila Gesser
  • lorraine

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK