Cifra Club

Aprenda

L 'esigenza Di Te

Emma Marrone

A Exigência de Você

Ainda não temos a cifra desta música.

Cosa vuoi che dica
Ti ho detto una bugia
E poi ti avevo avvisato
E ti eri mezzo salvato
Dalle mie strane lune storte

Che cosa vuoi che dica
Non sono in equilibrio
E non ti devi appoggiare
Potresti cadere
Non vorrai farti mica male

La vita in fondo va così
Se dicono magari è si
L'inconstrastabile realtà
È che non esiste regola

L'incoerente fantasia
Quella di tornare indietro
E non buttare tutto via
Come se non fosse stato
Niente da sentire niente
Niente che può fare male
Scusa se me ne sono andata
Mi sono solo rifugiata da quella piccola paura che ho di te
Quell'adorabile esigenza di te

Cosa vuoi che dica
A volte sbaglio anche io
E tu mi avevi avvisata
Quasi contaminata
Con quei tuoi modi acqua e sapone

Ma poi la vita va così
Sei andato via e io ti voglio qui
Questa è la cruda verità
Che non esiste regola

L'incoerente fantasia
Quella di tornare indietro
E non buttare tutto via
Come se non fosse stato
Niente da sentire niente
Niente che può fare male
Scusa se me ne sono andata
Mi sono solo rifugiata da quella piccola paura che ho di te
Quell'adorabile esigenza di te
L'esigenza di te
Esigenza di te

Incoerente nostalgia
Di volerti avere ancora
E sentirmi solo tua
Come se non fosse stato
Niente da sentire niente
Niente che può fare male
Scusa se me ne sono andata
Mi sono solo rifugiata da quella piccola paura che ho di te
Quell' adorabile esigenza
Da quella piccola paura che ho di te
Quell' adorabile esigenza
Di te.

O que quer que eu diga
Eu te disse uma mentira
E depois eu te avisei
E te salvei pela metade
Das minhas estranhas luas tortas

O que quer que eu diga
Não estou em equilíbrio
E você não deve se apoiar
Que poderá cair
E você não quer se fazer mal

A vida a fundo vai assim
Se dizem talvez é sim
A realidade em desacordo
É que não existe regra

A fantasia incoerente
De voltar atrás
E não jogar tudo fora
Como se tivesse
Nada para sentir nada
Nada que possa fazer mal
Desculpa se já fui embora
Estou somente refugiada daquele pequeno medo
Que tenho de você aquela adorável exigência de você

O que quer que eu diga
Às vezes eu também erro
E você me preveniu
Quase contaminada
Com aqueles seus modos água e sabão

A vida a fundo vai assim
Se dizem talvez é sim
A realidade em desacordo
É que não existe regra

A fantasia incoerente
De voltar atrás
E não jogar tudo fora
Como se tivesse
Nada para sentir nada
Nada que possa fazer mal
Desculpa se já fui embora
Estou somente refugiada
Daquele pequeno medo que
Tenho de voce aquela adorável exigência de você
Exigência de você

A fantasia saudade
De ainda te ter
E me sentir só tua
Como se tivesse
Nada para sentir nada
Nada que possa fazer mal
Desculpa se já fui embora
Estou somente refugiada daquele pequeno medo que
Tenho de voce
Aquela adorável exigência de você
Aquele pequeno medo quetenho de você
Aquela adorável exigência de você de você

Colaboração e revisão:
  • Diego
  • mari santos

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK