Cifra Club

A Menina Do Sertão

Fernando Mendes

Ainda não temos a cifra desta música. Contribua!

Viajando sem destino
Pelas bandas do sertão
Numa casa pequenina
Fui pedir informação

Desmontei do meu cavalo
Bati palmas no portão
Avistei uma menina
Trabalhando a plantação

Tinha um rosto tão bonito
E um brilho no olhar
Com seu jeito tão humilde
Veio me cumprimentar

Ela me deu um sorriso
Convidou-me para entrar
Me ofereceu comida
E um lugar pra descansar

Sei que ela nasceu pra mim
Jamais pensei que dia
Pudesse amar assim (Bis)

Me contou a sua história
Me falou da sua dor
Não tinha se quer amigos
Se sentia muito só

E sonhava noite e dia
Ter uma vida melhor
Muito triste era seu mundo
Nunca conheceu amor

Tive que seguir viagem
Mais lhe prometi voltar
Ela me beijou chorando
Me pedindo pra ficar

Quando um dia lá voltei
Alguém veio me avisar
Que a menina que eu amava
Lá no céu foi me esperar

Sei que ela nasceu pra mim
Jamais pensei que dia
Pudesse amar assim (Bis)

Já passaram tantos anos
Tanta coisa já mudou
Só a dor dentro do peito
Até hoje não passou

Viajei pelas estradas
Muitas vezes sem razão
Nunca mais eu esqueci
A menina do sertão

Sei que ela nasceu pra mim
Jamais pensei que dia
Pudesse amar assim (Bis)

Composição: Fernando MendesColaboração e revisão:
  • José Rocha

0 comentários

    mostrar mais comentários
    00:00 / 00:00
    outros vídeos desta música
    repetirqualidadeAutomático
    Outro vídeos desta música
      00:00 / 00:00
      OK