Cifra Club

Filha do Patrão

Mano Walter

Ainda não temos a cifra desta música.

Eu sou muito feliz por ser vaqueiro
Me criei no sertão pegando gado
Com um simples olhar de uma pequena
Para sempre fiquei apaixonado

E eu pensava que era brincadeira
numa noite tão linda de fogueira
Sem querer segurei na sua mão
Se eu contar pouca gente me acredita
Que essa jovem tão meiga e tão bonita
É a filha mais nova do patrão

Quando são 5 horas da manhã
Penso em Deus e pra luta me levanto
E avisto no pátio da fazenda
A vacada malhando em todo canto
E eu por ser da fazenda bom vaqueiro
Saio de pontas de pé de pra o terreiro
Atendendo aos impulsos da paixão
Sem temer a carranca do pai dela
Da calçada eu encosto na janela
E dô um beijo na filha do patrão

Nos finais de semana têm forró
Eu termino mais cedo o meu trabalho
Dou ração ao cavalo e prendo o gado
Guardo a sela, o gibão e o chocalho
No horário marcado pra nós dois
Ela chega primeiro e eu depois
E o encontro da gente é no salão
Invejosos "coxixam" todo instante
Comentando na festa que eu só danço
Com a filha mais nova do patrão

O seu pai descobriu nosso namoro
Quem é pobre, com rico nunca bole
Ainda bem que na minha profissão
Não conheço vaqueiro pra ser mole
Decidi ir falar com o pai dela
E pedi para me casar com ela
Mas o velho, zangado disse não
Me botou da fazenda para fora
Dessa vez eu vou ter que ir embora
Mas só vou com a filha do patrão

Colaboração e revisão:
  • Laís Souza

0 comentários

mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK