Cifra Club

Tu Hás-de Ver

Quadrilha

Ainda não temos a cifra desta música.

Já dei quase a volta ao mundo só para ver se te encontrava
Mas tu andas tão escondida que não há meio de te achar
Por andar tanto à procura tenho a vida ensarilhada
Mas não há-de ser por isso que eu não te hei-de procurar

Volta não volta é por um fio
Que não te chego a encontrar
Quase que o lume chega ao pavio
E acaba por não se atear

Tu hás-de ver, eu não desisto, hás-de ver
Por mais que faças eu não te saio do caminho
Não adianta trocar as voltas à vida
Que eu um dia hei-de levar a tua água ao meu moinho

Ainda foi há pouco tempo que eu soube onde tu andavas
Mas as manhas do destino deram para eu me atrasar
Cheguei lá já era tarde e tu já por lá não estavas
Mas não há-de ser por isso que eu não te hei-de procurar

Volta não volta é uma arrelia
Porque é que te andas a esconder
Não se me acaba esta agonia
Por mais que a ti te custe a crer

O amor desencontrado é como a água na rede
É como ir beber à fonte e não se acabar a sede
Quem tem amores não dorme, quem dormir não os quer ter
E eu há muito que não durmo, porque é que há-de ser?

Composição de Sebastião Antunes
Colaboração e revisão:
  • Waléria Fernandes
3 exibições

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK