Cifra Club

A Thousand Years

VOCALOID

Mil Anos

Ainda não temos a cifra desta música.

Hitori haiiro no oka kawai ta kare kusa fumi shimete
Omoi megura seru sora no kanata ni

Kaze ni yure ru hanabira yawara kana anata no hohoemi
Awai kioku nokakera sepia shoku no mukou no maboroshi

Daremo shira nai uta wo kanade you
Kono mi ga sabi te toma routomo
Kuzure kaketa bohyou ni utai tsuduke you
Anata no nokoshita uta wo

Kono karada ha subete tsukuri mono deshikanai kedo
Kono kokoro ha semete uta ni sasage teiyou

Shizumu yuuhi ni muka u shoku aseta gitaa wo katate ni
Hibiku kodamani odoru kageboushi

Suri kire ta yubisaki ha hikari wo nibuku terikaeshi te
Kuchi zusamu merodei ha kaze ni notte sora no mukou made

Kasukani kishimu gin no haguruma
Hibii teyuku nibiiro no kodou
Garasu no hitomi ni utsuru kono sora ha
Donna mayakashidarou

Kono tsuki no shita de moumeguri au kotomonaikedo
Kono sora ni muka tte utai tsuduke teiyou

Anatato deatta sumireno oka mo
Ikusen no yoru ni haiiro no bou nakigara

Kono karada ha subete tsukuri mono deshikanaikedo
Kono kokoroha semete uta ni sasage teiyou
Kono tsuki no shita de moumeguri au kotomonaikedo
Kono sora ni muka tte utai tsuduke teiyou

Sozinho numa colina cinzenta, pisando na grama seca
Eu deixo meus pensamentos vagarem para o outro lado do céu

As pétalas de flores oscilam no vento, como seu sorriso gentil
Fragmentos de memórias fracas, como uma ilusão do outro lado da sépia

Vamos tocar uma canção conhecida por ninguém
Mesmo que este corpo esteja fadado a enferrujar e parar
Eu continuarei a cantar à lápide em colapso
A música que você deixou para trás

Embora este corpo inteiro não seja nada além de artificial
Ao menos este coração, deixe-o ser dedicado a você em canções

Em direção ao sol poente, um violão desgastado numa mão
Uma silhueta dança nos ecos ressonantes

As pontas dos dedos gastas refletem a luz
A melodia que eu cantarolava cavalga ao vento para o outro lado do céu

O leve rangido das engrenagens prateadas
Sua vibração maçante reverbera
O céu que é refletido nesses olhos de vidro
Apenas o quão fictício isso é?

Sob esta lua, não há maneira alguma de te encontrar de novo, mas
Em direção a este céu, eu continuarei a cantar

Mesmo na colina cheia de violetas onde te conheci
Através de milhares de noites, apenas restos cinzentos são deixados para trás

Embora este corpo inteiro não seja nada além de artificial
Ao menos este coração, deixe-o ser dedicado a você em canções
Sob esta lua, não há maneira alguma de te encontrar de novo, mas
Em direção a este céu, eu continuarei a cantar

Colaboração e revisão:
  • Isabela
  • Aoi Haruki

0 comentários

mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK