Cifra Club

Aprenda

Alma Inocente

Zilo e Zalo

Ainda não temos a cifra desta música.

Uma mulher que foi meu sonho adorado
Tornou-se um dia a rainha do meu lar
Mas numa noite pelo ciúme enfeitiçado
Sem ter motivo eu jurei que irei matar

Ela foi embora e não deu a despedida
Ao inocente que dormia em seu bercinho
Foi arrastada pela lama de outra vida
Só a desgraça ela encontrou no seu caminho

Porém agora o remorso me tortura
Como uma sombra me persegue noite e dia
E quantas vezes pra aumentar minha amargura
Entre soluços meu filhinho me dizia

"Papaizinho vá buscar minha mãezinha
Que aqui de casa o senhor mandou embora
Faz tanto tempo que eu não vejo a coitadinha
E o senhor não quer contar aonde ela mora"

Eu reconheço, fui o úinico culpado
Mandei embora quem amava loucamente
E hoje eu sofro pra pagar o meu pecado
Porque feri duas alamas inocentes

O meu filhinho sempre chama o nome dela
E me condena por não querer lhe buscar
Ele não sabe que pedi perdão a ela
Mas por vingança ela não quer perdoar

Composição de Benedito Seviero/Zalo
Colaboração e revisão:
  • Múcio Filho

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK